21.07.2019 | 18h30


LEI SECA

Polícia prende sete motoristas bêbados e apreende 31 veículos em uma hora e meia de operação

A blitz aconteceu na madrugada de sábado (20) na Avenida da Prainha, no bairro Dom Aquino, em Cuiabá


DA REDAÇÃO

A blitz da Lei Seca, que aconteceu na madrugada de sábado (20) na Avenida Tenente Coronel Duarte (mais conhecida como Avenida da Prainha), prendeu sete motoristas por dirigir bêbados e autuou outros 50 por infrações diversas, como dirigir sem habilitação ou licenciamento vencido no bairro Dom Aquino, em Cuiabá. A operação teve duração de uma hora e meia.

De acordo com a Polícia Militar, 31 veículos foram apreendidos, sendo 25 carros e seis motocicletas por infrações diversas, além de 20 carteiras de habilitação recolhidas por estarem vencidas há mais de 30 dias, como determina a lei.

A operação conjunta entre a Polícia Militar (PM), Polícia Civil por meio da Delegacia Especializada em Delitos de Trânsito (Deletran), Departamento Estadual de Trânsito (Detran), Secretaria de Mobilidade Urbana (Semob) e Gabinete de Gestão Integrada (GGI) da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp).

O motorista flagrado no teste do bafômetro, com até 0,33 mg/l por ar expelido pagará multa de R$ 2.934,70. Com nível de álcool no sangue superior a 0,33 mg/l, além de pagar a multa, o condutor terá a CNH suspensa e responderá por crime de trânsito, que se condenado poderá pegar de seis meses a três anos de prisão.

Galeria de Fotos:
Crédito:
Crédito:
Crédito:
Crédito:
Crédito:
Crédito:










COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Enquete

ABUSO DE AUTORIDADE

Você concorda com aprovação da Lei para punir juízes?

Concordo: MP e Juízes erram muito e prejudicam pessoas de bem

Não concordo. A aprovação da lei é que é um abuso

Bolsonaro deveria vetar a lei

Bolsonaro deve sancionar a lei

  • Parcial

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER