08.02.2011 | 17h32


POLÍCIA

Polícia prende amante e dois primos por assassinar mulher grávida

MAYARA MICHELS    14h35
DA REDAÇÃO

Três homens foram presos na manhã desta terça-feira (8) acusados de matar envenenada Lucélia Mendes da Silva, de 30 anos, grávida de seis meses, no dia 30 de junho de 2010, em Rosário Oeste (120 km de Cuiabá). O Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (Gaeco) prendeu Odair de Oliveira Bastos, de 30 anos, amante de Lucélia, Francisney Arcanjo da Silva, de 19 anos, e Vergílio de Almeida Sobrinho, de 38 anos.

Segundo informações do Ministério Público Estadual (MPE), Odair era amante de Lucélia, ela engravidou e passou a pedir dinheiro a ele. Odair, temendo que a situação atrapalhasse o seu casamento, planejou o assassinato da jovem.

Para a promotora Ana Carolina Rodrigues Ferraz o crime foi realizado com requintes de crueldade, forçando a vítima a ingerir o veneno. "Por motivo torpe, com requintes de crueldade e mediante recurso que dificultou a defesa da vítima; utilizando de veneno, mataram Lucélia", relatou a promotora, na denúncia oferecida pelo MPE.

Os três acusados irão responder por homicídio qualificado, que prevê pena de 15 a 30 anos, e aborto sem consentimento da gestante, com pena prevista de 3 a 12 anos. Eles foram encaminhados para a Cadeia Pública de Rosário Oeste.

 











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO