12.08.2011 | 17h37


POLÍCIA

Polícia prende 2 homens, armas e drogas na fronteira com a Bolívia

DA REDAÇÃO  16h00

A Polícia Federal e o Grupamento de Fronteira da Polícia Militar (Gefron) prenderam, durante a Operação Sentinela, na noite de quinta-feira (11), duas pessoas com 13,8 kg de pasta-base de cocaína e 10 caixas de munições calibre 22 - num total de 500 munições - escondidos numa mochila.

Foram presos Adany Fuentes Herrera e German Efran Pillco Banegas, que, ao serem abordados, abriram fogo contra os policiais, que revidaram.

Dois traficantes conseguiram escapar, fugindo pelo mato. No confronto, um deles foi baleado e levado a um hospital de Cáceres. A prisão ocorreu nas proximidades da Fazenda Toca Vaca, situada na fronteira de Mato Grosso com a Bolívia.

Segundo os agentes federais, eles atuavam no patrulhamento na fronteira e ouviram barulho de motocicleta e decidiram esconder-se no mato para checar se não se tratava de "batedores", que atuam no apoio a traficantes que vêm da Bolívia, com carregamento de cocaína.

"Percebemos que um carro se aproximou dos ocupantes da moto, que havia parado perto da porteira de uma fazenda. Do carro, saíram quatro pessoas, sendo que dois desceram armados e dois com mochilas", explicaram os agentes.

Assim que a mochila foi colocada no chão, os policiais federais se aproximaram e abordaram os quatro. Os ladrões reagiram com tiros, iniciando um confronto. No tiroteio, dois traficantes conseguiram escapar.

Na checagem da mochila, os policiais apreenderam o entorpecente e munição. Os dois traficantes foram autuados por tráfico internacional de drogas.

 











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO