30.05.2011 | 13h24


POLÍCIA

Polícia deve concluir inquérito sobre morte de policiais em 30 dias

FERNANDA LEITE   11h32
DA REDAÇÃO

O inquérito que investiga a abordagem que resultou na morte de um suspeito identificado como Gilson das Silva Alves e de dois policiais, Edson Leite e João Osni Guimarães, deverá ser concluído em 30 dias. Caso fique comprovado o erro por parte dos policiais, o único sobrevivente Maxwel José Pereira, de 36 anos, que foi baleado na perna, será punido administrativamente pela Polícia Civil.

De acordo com o delegado titular do Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP), Antônio Carlos Garcia de Matos, a oitiva termina nesta semana com depoimento da viúva de Gilson e o policial Maxwel. "O inquérito está praticamente concluído. As pessoas que estavam presente no local, estão sendo ouvidas. O segundo passo é esperar o laudo técnico, em que são feitas as avaliações da arma que atirou no policial e o projetil", explicou o delegado.

Até o momento rumores apontam que Edson, após ser baleado na barriga, atirou e matou Gilson. Depois da reação, ele ligou pedindo ajuda para o amigo e também policial João Osni , conhecido como João Caveira.

O inquérito está sendo conduzido pela delegada, Silvia Pauluzi da DHPP.

Relembre o caso

Os policiais civis, Edson Marques Leite, de 47 anos, e Maxwel José Pereira, de 36 anos, foram baleados durante uma abordagem desastrada seguida de troca de tiros com Gilson da Silva Alves, em um posto de gasolina na Rodovia dos Imigrantes, em Várzea Grande, no final da tarde desta segunda-feira (23). Edson, após ser baleado na barriga, atirou e matou Gilson. Depois da reação, Leite ligou pedindo ajuda para o amigo e também policial João Osni Guimarães, 62 anos, conhecido como João Caveira.

Caveira, que não estava de serviço, chegou ao local em seu próprio veículo, um Golf preto, para socorrer Edson. Ao passar em alta velocidade pela Avenida Filinto Muller, perdeu o controle ao passar por um quebra-molas e bateu contra um muro. Os dois policiais morreram na hora.

 

Veja também: Policial socorre colega baleado, bate carro e os dois acabam mortos












COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO