04.12.2019 | 18h37


PRESO NO CARUMBÉ

Jornalista que enviava fotos do pênis para colegas tem 2° mandado de prisão

Leonardo Heitor já está preso desde o último dia 26 por descumprir medidas protetivas impostas pela Justiça.



Investigadores da Delegacia Especializada de Defesa da Mulher de Cuiabá (Dedm) cumpriram, no início da noite desta quarta-feira (04), mais um mandado de prisão preventiva contra o jornalista Leonardo Heitor, 38 anos, pelos crimes de estupro tentado e ameaça em um dos inquéritos que tramita na unidade policial.

O mandado de prisão, que foi cumprido no Centro de Custódia da Capital, onde ele já está detido, foi representado pela delegada Nubya Beatriz Gomes dos Reis - responsável por cinco inquéritos instaurados na Delegacia da Mulher.

“Os casos investigados são gravíssimos. As investigações não basearam-se apenas nas declarações das vítimas, o que por si só tem grande credibilidade em crimes dessa natureza. Há um vasto conjunto de informações nos autos, principalmente depoimentos de testemunhas que ratificaram grande parte do narrado pelas vítimas,” declara a delegada.

O acusado é investigado na delegacia especializada da Capital por diversos crimes contra a dignidade sexual, sendo que, que até a presente data, foram registrados dez boletins de ocorrências contra ele.

Ele já estava preso por força de outro mandado de prisão em um dos inquéritos que investiga estupro tentado, importunação sexual, ameaça e gravação não autorizada da intimidade sexual.

A primeira prisão ocorreu em virtude de descumprimento de medida protetiva de urgência.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO