20.07.2010 | 17h22


POLÍCIA

PM encerra trabalhos no Festival de Inverno sem registros graves



Da redação

A Polícia Militar do Estado de Mato Grosso esteve presente durante o Festival de Inverno da cidade de Chapada dos Guimarães, distante 67 quilômetros de Cuiabá, com 100 policiais, que garantiu a segurança do público participante de um dos eventos mais tradicionais do Estado. Foram quatro semanas de atividades culturais, realizadas entre os dias 25 de junho e 18 de julho, com um público estimado de 40 mil pessoas, a PM registrou 35 ocorrências, sendo nenhuma de vulto.

O policiamento ostensivo à pé e motorizado, feitos na cidade sede do evento e na rodovia Emanuel Pinheiro, que liga Cuiabá à Chapada dos Guimarães, mobilizou dez profissionais da Companhia de Polícia Militar (CIPM) de Chapada dos Guimarães, 30 do Comando Regional de Cuiabá (CR I), dez do Comando Regional de Várzea Grande (CR II), dez do Comando Regional de Rondonópolis (CR IV), e mais 12 do Batalhão da Ronda Ostensiva Tática Metropolitana (Rotam). 

Somente na rodovia foi utilizado um efetivo de 28 homens do Batalhão de Trânsito Urbano e Rodoviário. Esses policiais foram responsáveis pela segurança dos condutores que trafegaram pela estrada. “Além da barreira fixa que fica instalada no posto policial que dá acesso à lagoa de Manso, nós realizamos diversos comboios, com intuito de evitar ultrapassagens e excessos de velocidade”, disse o comandante do Batalhão de Trânsito Urbano e Rodoviário, o tenente-coronel PM Wilson Batista. 

Segundo o comandante, os comboios foram feitos ao longo de quatro trechos. Do quilômetro 16 da rodovia até o acesso ao rio dos Peixes, deste até o ponto turístico do Portão do Inferno, de lá até a entrada da sede da Aeronáutica, dali até a entrada da cidade. “A gente contabilizou uma média aproximada de três quilômetros de veículos”, destacou o tenente-coronel. 

Dados do Batalhão de Trânsito Urbano e Rodoviário indicam que foram registrados dez acidentes, sendo três com vítimas. Mesmo assim, o comandante salientou que foram acidentes ocasionados pela imprudência dos condutores e pela falta de atenção de pedestres. Além desses registros, a Polícia Militar realizou 371 notificações, que resultaram na apreensão de 51 veículos. “As apreensões foram por diversos motivos, o mais comum foi pela falta de licenciamento do automóvel”, apontou o tenente-coronel. Para o comandante do CR I, o coronel PM Zaqueu Barbosa, o resultado do evento demonstrou o empenho com que a Polícia Militar vem atuando, no intuito de preservar a segurança da população. 

O prefeito de Chapada dos Guimarães, Flávio Daltro Filho, enfatizou que o resultado do evento foi bastante satisfatório. “Mesmo com o volume de eventos no mês de junho e julho a Polícia Militar se fez presente, e se desdobrou para garantir a segurança do público do festival”, disse. 

“Foi um trabalho cujo resultado foi bastante positivo. Tivemos o apoio da PM nas saídas, tanto de Cuiabá, quanto de Chapada e, nos dias de shows, a presença dos policiais era marcante. Além disso, houve o trabalho educativo e orientativo realizado pelos policiais que foi importante para garantir um evento tranquilo”, enfatizou Flávio Daltro.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO