30.06.2020 | 11h55


POLÍCIA / PERSEGUIÇÃO

PM afirma que advogado escondeu irmão traficante; veja vídeo e fotos

Primeira denúncia foi feita pelo advogado que divulgou trecho de um vídeo onde aparece sendo agredido por um tenente da Força Tática; Polícia divulga outras imagens


DA REDACÃO

A Polícia Militar (PM) de Pontes e Lacerda (350 km da Capital) se envolveu em polêmica, após parte de um vídeo de uma câmera de segurança ser divulgado, no qual o tenente da Força Tática, Alexandre Aparecido de Assis, empurra o advogado Felipe Carlos, na última sexta-feira (26). Entretanto, novas imagens, obtidas com exclusividade pelo , mostram que a equipe perseguia uma caminhonete Toyota Hilux, conduzida pelo irmão de Felipe, e que o advogado deu guarita para o irmão se esconder em sua casa. 

Segundo o comandante-adjunto, tenente-coronel Sandro Barbosa, os militares estão atuando na operação Hórus Vigia, junto com outras forças de segurança, para prender traficantes internacionais de drogas. A PM recebeu uma denúncia de que um carro com aquelas descrições estaria transportando drogas e, durante a abordagem, o suspeito fugiu dando início a uma perseguição em alta velocidade. 

Nas imagens, o irmão de Felipe aparece fugindo dos militares, momento em que entra na casa do advogado e fecha o portão. Ele desce do carro e fecha a porta, depois retorna, pega um objeto, que não é possível identificar, fecha a porta novamente e se esconde dentro da casa.  Em seguida, os militares invadem o local e, minutos depois, Felipe se apresenta, sozinho, e diz que não era dono do carro.

O advogado, segundo os policiais, adotou um tom irônico. Buscas foram realizadas no carro, um cão farejador procurou por entorpecentes, mas nada foi encontrado.

O comandante informou que o tenente Alexandre é ficha limpa e não foi afastado. Que o caso será investigado com imparcialidade e todos os fatos serão analisados. Ele ainda informou que ao checar os antecedentes das partes, o irmão de Felipe já foi preso várias vezes por tráfico de drogas, uma delas pela Polícia Federal. Além disso, o negócio seria de família, pois o pai, conhecido como “o veio”, tem um mandado em aberto por tráfico de drogas e está foragido.

Em resposta ao fato, por meio de nota, a Ordem dos Advogados do Brasil, seccional Mato Grosso (OAB-MT), esclareceu que o advogado foi acionado pelo cliente, dono da casa, para acompanhar a abordagem policial  ao endereço, onde o profissional teria sido recebido pelo tenente com “palavrões e violência física, consoante comprova-se através do vídeo que inclusive circula nas mídias sociais”.

Leia maisTenente da Força Tática dá soco em advogado; veja vídeo

 

Veja vídeo:

Galeria de Fotos:
Crédito:
Crédito:
Crédito:
Crédito:










(2) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

neto  30.06.20 13h20
porque tem diploma,acha que é gente...

Responder

5
0
DE OLHO  30.06.20 12h39
ESSA OAB HÉIN !! BASTA VER QUEM É O PRESIDENTE NACIONAL E ESTADUAL !! CREDIBILIDADE QUE É BOM NADA !!

Responder

6
0

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO