18.08.2010 | 20h08


POLÍCIA

Paquistaneses fogem do Taleban e se refugiam em Mato Grosso

Filipe Motta
Folha Online

A Polícia Federal notificou quatro paquistaneses que se encontravam ilegalmente no país, no último sábado (14). O grupo seguia num ônibus de Rondonópolis para Brasília e foi parado numa vistoria de rotina da Polícia Rodoviária Federal.  Maqsood Ali, 35, Akhtar Hussain, 21, Zeeshan, 29, e Adbur Rahim, 33, disseram que vieram para o Brasil fugindo da perseguição do Taleban e à procura de emprego.

Como não tinham visto para permanência no Brasil, eles foram encaminhados à Superintendência da Polícia Federal em Goiânia, onde foram aconselhados a deixar o país num prazo de três dias - que vence nesta terça-feira - e, depois, liberados.

Se forem encontrados no país a partir de quarta-feira (18), poderão ser deportados. Os quatro estavam acompanhados de um cidadão afegão que, por ter pedido de asilo sendo analisado no Brasil, pode permanecer no país.

De acordo com o depoimento, eles entraram na América Latina por Quito, no Equador - país que não exige visto para paquistaneses. De lá cruzaram a fronteira do Peru com o Brasil, no Acre, e seguiram para Mato Grosso, onde teriam se encontrado com o afegão.

Segundo a Polícia Federal, devido à falta de fiscalização, são comuns casos de imigrantes que entram pelo país ilegalmente pelas fronteiras da região amazônica. No entanto, o órgão não tem estatísticas a respeito do assunto.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO