19.02.2020 | 20h00


POLÍCIA / TAPAS NA BUNDA

Padre é acusado de assediar fieis dentro de igreja em MT

O sacerdote foi afastado das funções até que o caso seja concluído


DA REDAÇÃO

Um inquérito foi aberto contra um padre, que não teve identidade revelada, nesta quarta-feira (18), por assédio sexual cometido contra fiéis de uma Igreja Católica, na cidade de Carlinda (762 km da Capital).

O procedimento é de autoria do delegado do caso, Pablo Bonifácio Carneiro, que apura denúncias de duas vítimas.

Segundo a Polícia Judiciária Civil (PJC), a delegacia da cidade está analisando imagens da câmera de segurança da igreja onde ocorreu o fato. 

O assediador teria batido na bunda de uma das mulheres enquanto passava do lado dele, o segundo caso não foi divulgado o que ocorreu.

As duas vítimas já prestaram depoimento. Já o padre, ainda será ouvido pelo delegado.

No entanto, a diocese o afastou das funções até que o caso seja concluído e designou outro sacerdote para o local.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Matéria(s) relacionada(s):

TV REPÓRTER

Enquete

QUARENTENA

Você é a favor de parar tudo ou só isolar grupo de risco?

Sim, parar tudo é a melhor solução para conter o vírus

Não, parada total é suicídio econômico; será o caos pior que a doença

  • Parcial

INFORME PUBLICITÁRIO