26.03.2019 | 21h25


INIMIGO ÍNTIMO

Padrasto estupra enteada de 6 anos e é preso; Professora denunciou

O crime foi denunciado ao Conselho Tutelar por uma professora na segunda-feira (25). O caso foi registrado no município de Cocalinho.



Fabio Junior Lucas Ferras, de 27 anos foi preso na segunda-feira (25) por policiais militares do município de Cocalinho (923 km de Cuiabá), acusado de ter estuprado a enteada de 6 anos. O crime foi descoberto após uma professora da criança denunciar o caso aos conselheiros tutelares.

O acusado foi detido em casa, que fica numa propriedade rural a cerca de 80 quilômetros da cidade. No local, uma conselheira que acompanhou os policiais conversou com a criança que confirmou que o seu padrasto a abusava sexualmente, dizendo que não era para contar a ninguém, caso contrário iria apanhar. A menina ainda acrescentou que horas antes da equipe chegar o suspeito teria estuprado novamente.

Durante o deslocamento, a criança foi acompanhada da mãe e está sob observação do Conselho Tutelar do município para medidas que o caso requer.

Já Fabio Junior foi entregue na delegacia de Cocalinho.

Outro caso

Um homem, identificado pela Polícia Militar apenas pelas iniciais Z.A.S., 31 anos, foi preso na manhã desta quinta-feira (14) acusado de estuprar e molestar sua enteada de 8 anos, no município de Querência (945 km de Cuiabá). 

Z.A.S foi denunciado pela mãe da criança, que revelou aos policiais que ao chegar em casa viu o marido sentado no sofá com as calças baixadas e a criança em sua frente, também sem a roupa debaixo. Ele fazia gestos obscenos olhando para a menor.  

Em conversa, a menina contou para mãe que não foi a primeira vez que o fato aconteceu. Ao perceber que a PM havia sido acionada e chegava no local o acusado tentou fugir, mas acabou algemado e encaminhado à delegacia para as devidas providências. 

Duas conselheiras tutelares também estiveram na casa e vão acompanhar o caso.

Leia mais

Padrasto é preso por estuprar e enviar vídeos eróticos à enteada de 13 anos











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Matéria(s) relacionada(s):

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER