03.06.2019 | 16h15


ESTAVA FORAGIDO

Padrasto é preso por estuprar e engravidar enteada de 13 anos em MT

A paternidade do acusado foi confirmada por exame de DNA. Ele foi preso após ficar três anos foragido.



Um homem identificado apenas pelas iniciais F.J.S.S., 28 anos, que estava foragido da polícia desde 2017, acusado de estuprar e engravidar a enteada, na época com 13 anos, foi preso na manhã de sábado (1º) em Confresa (1160 km da Capital).

A paternidade do acusado foi confirmada por exame de DNA.

As investigações iniciaram em setembro de 2017, quando a Polícia Civil foi acionada pelo Conselho Tutelar para apurar o crime de estupro de vulnerável praticado pelo padrasto da menina. Na época, a menor tinha 13 anos e devido aos abusos sofridos, engravidou. A criança fruto do estupro atualmente está com três anos de idade.

Durante as investigações, o pedófilo chegou a ser encaminhado à Delegacia de Polícia, onde foi ouvido e assumiu as acusações, alegando que o fato ocorreu com o consentimento da vítima.

O Ministério Público representou pela prisão preventiva do padrasto, emitido pela Comarca de Porto Alegre do Norte (1125 km da capital). Com o mandado em aberto, os policiais civis localizaram o pedófilo em Confresa.

F. J. S. S. foi encaminhado para a Cadeia Pública de Porto Alegre do Norte, ficando à disposição da Justiça.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Matéria(s) relacionada(s):

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER