24.03.2020 | 09h25


POLÍCIA / PF NAS RUAS

Operação nacional prende desembargadora e cumpre ordem de busca e apreensão em MT

Mandado foi cumprido na cidade de Rondonópolis na manhã desta terça-feira. Alvos são acusados de vender sentenças


DA REDAÇÃO

A Polícia Federal (PF) deflagrou, na manhã  desta terça-feira (24), a quinta fase Operação Faroeste, que tem como o objetivo desarticular um esquema ilícito de venda de sentenças, por juízes e desembargadores do Poder Judiciário. Os crimes investigados são de corrupção ativa e passiva, lavagem de ativos, evasão de divisas, organização criminosa e tráfico de influência. 

A PF cumpre uma determinação do Superior Tribunal de Justiça (STJ), que emitiu oito mandados de buscas e apreensão, tendo como um dos alvos Rondonópolis (212 km da Capital). 

A Operação diz respeito ao Tribunal de Justiça do Estado da Bahia (TJBA), no entanto, mandados foram cumpridos em Mato Grosso. 

As cidades alvos da Faroeste foram Salvador (BA), Mata de São João (BA) e Rondonópolis (MT).

Além disso, foi cumprido um mandando de prisão contra uma desembargadora do TJBA, e dois advogados, sendo um deles filho e operador da desembargadora.











(2) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

PASTOR JIM JONES  24.03.20 12h33
Dia que acontecer em MT, não comento nada.

Responder

1
0
Benedito costa  24.03.20 10h24
Deveriam assinalar o nomes dessas pessoas, visto se de interesse nacional (público). A polícia em 99% dos casos prendem pessoas baseados em investigações e não aliatoriamente. Portanto ela tem mesmo que ser presa pagar pelo crime e aí daperder a função público sem aposentadoria compulsória.

Responder

10
0
Matéria(s) relacionada(s):

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO