13.02.2020 | 11h13


POLÍCIA / EXECUTADO EM MT

Novo vídeo mostra momento que presidente do Conseg é morto; As imagens são fortes

Quatro pessoas foram presas e cinco fora identificados pela Polícia Militar por envolvimento no suposto roubo seguido de morte


DA REDAÇÃO

Um novo vídeo mostra um ângulo diferente do assassinato do presidente do Conselho Comunitário de Segurança Pública (Conseg), Valdir Aparecido Farinha, 60 anos, ocorrido na noite de quarta-feira (12), no Bairro Monte Líbano, em Rondonópolis (212 km ao Sul de Cuiabá).

O caso foi tratado inicialmente como latrocínio – roubo seguido morte -, porém, imagens de câmera de segurança mostram uma execução.

A gravação mostra a vítima e outras três pessoas conversando na calçada ao lado de um carro, com a porta do motorista aberta. Em certo momento, o grupo percebe a chegada do criminoso, que aproxima apontando um arma para o presidente.

Valdir abauxa, saca sua arma, mas cai após ser atingido na região do peito. Ele ainda dispara dois tiros, mas o bandido foge e ele morre no local. 

Uma segunda vítima também teria ficado ferida durante a troca de tiros.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado, mas quando os paramédicos chegaram Valdir já estava sem vida. A outra vítima foi encaminhada a uma unidade de saúde, mas o atual estado de saúde dela não foi informado.

Equipes da Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) foram chamadas para analisar a cena do crime. Um laudo com detalhes do assassinato será divulgado nos próximos dias e deve ajudar nas investigações da Delegacia de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP).

Prisões

Quatro pessoas foram presas e cinco fora identificados pela Polícia Militar por envolvimento no suposto roubo seguido de morte.

De acordo com a PM, logo após o crime, testemunhas viram três bandidos correndo em direção a uma região de mata.

Minutos depois, um soldado da PM, que prestava socorro a uma das vítimas da troca de tiros flagrou o momento em que bandidos roubaram um Chevrolet Ônix já próximo ao Hospital Regional.

Houve perseguição a esses bandidos e troca de tiros, até o momento em que o veículo foi recuperado. Os presos são dois homens e duas mulheres.

Veja vídeo:











(1) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Fenix  13.02.20 15h19
Pela ação do atirador nunca foi latrocínio. O sujeito chegou e foi direto na vítima. Tinha outro homem e duas mulheres, todavia o atirador só alvejou a vítima. Outra coisa, a forma como a vítima reagiu ao tirar o revolver, reação de alguém que já esperava um ataque a qualquer instante. PODE EXPREMER OS QUE FORAM PRESOS QUE A VERDADE VIRA. ATE UMA CRIANCA PERCEBERIA QUE O ATIRADOR BUSCAVA UMA PESSOA ENTRE AS 4 QUE ALI ESTAVAM.

Responder

9
0
Matéria(s) relacionada(s):

TV REPÓRTER

Enquete

QUARENTENA

Você é a favor de parar tudo ou só isolar grupo de risco?

Sim, parar tudo é a melhor solução para conter o vírus

Não, parada total é suicídio econômico; será o caos pior que a doença

  • Parcial

INFORME PUBLICITÁRIO