20.08.2019 | 15h00


RELAÇÕES PERIGOSAS

Mulher é acusada de planejar com amante a morte do marido em Mato Grosso

Thaynara Carolyne, única beneficiada do seguro de vida e bens da vítima, teria influenciado o amante a executar o crime.



Thaynara Carolyne Delneiro de Moraes, 21 anos, e Sidnei Vicente Verginio, 26 anos, foram presos na manhã desta terça-feira (20) acusados de envolvimento na morte de Mário Felipe Gualberto Abreu, 28 anos, assassinado a tiros em frente sua casa. A vítima era marido de Thaynara.

O crime aconteceu no dia 22 de março deste ano, em Sorriso (400 km de Cuiabá).

De acordo com as investigações da Polícia Civil, Sidnei é ex-namorado de Thaynara e mesmo após o relacionamento com Mário, os dois continuaram a se encontrar escondido.

Sidnei já teria ameaçado Mário de morte e dado prazo de 24 horas para que ele deixasse a mulher, pois, segundo o acusado, Thaynara ainda era dele.

Mesmo negando participação no crime, há evidências fortes que comprovam a participação dos dois. As investigações apontam que o ex-marido teria planejado e executado o crime, por motivo passional.

Já a acusada, única beneficiada financeiramente com a morte do marido, que receberia o seguro de vida e bens do patrimônio da vítima, teria sido cúmplice, além de tentar atrapalhar as apurações sobre o assassinato, pedindo que outras pessoas ligassem para a polícia e fizessem denúncias falsas sobre o crime.

A Delegacia Especializada de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP) segue nas investigações do caso.

RepórterMT/Arquivo Pessoal

Mário Felipe Gualberto Abreu, 28 anos.

O crime

Mário Felipe Gualberto Abreu, 28 anos, foi encontrado morto dentro de seu carro, Fiat Mobi, na noite do dia 22 de março deste ano, quando chegava em casa no bairro Jardim América, em Sorriso.

Mário que voltava para casa após o trabalho teria estacionado o veículo na porta de casa, descido para abrir o portão e quando voltou para o carro, antes de fechar a porta do motorista, foi abordado por um homem, não identificado, até então, que, sacou uma arma de fogo, disparou diversas vezes contra a vítima.

O Corpo de Bombeiros foi acionado para socorrer Mário, que foi encontrado inconsciente, com marcas de perfurações nos braços e no abdômen, mas ainda com os sinais vitais. Foi encaminhado ao Hospital, onde chegou a dar entrada, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

A Polícia Militar (PM) foi acionada e chegou a fazer rondas pela região, mas nenhum suspeito foi encontrado.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER