21.09.2019 | 09h40


DESENTENDIMENTO FATAL

Mulher confessa que ateou fogo e matou desafeto por vingança

Josiane Lima dos Santos alegou que anteriormente a vítima teria tentado a matar, também usando fogo, após uma discussão.



Apontada como autora do homicídio que vitimou, Oséias Vicente, de 60 anos, Josiane Lima dos Santos, teve o mandado de prisão cumprido pela Polícia Judiciária Civil, na sexta-feira (20), no município de Juína (734 km de Cuiabá). A vítima morreu após ter o corpo queimado.

Josiane foi identificada nas investigações que indicaram um desentendimento ocorrido entre a vítima e ela. Após o fato, ela pegou uma garrafa com combustível e jogou na vítima, ateando fogo logo em seguida. Testemunhas presenciaram a briga entre os dois.

Ela confessou a autoria do crime. A mulher alegou vingança já que anteriormente a vítima teria tentado a matar, também usando fogo, após uma discussão.

Josiane teve a ordem de prisão decretada pela 3ª Vara Criminal de Cível da Comarca de Juína com base em investigações da Polícia Civil, coordenadas pelo delegado Marco Bortolotto Remuzzi. Josiane foi localizada em uma residência no bairro Vila Operária.

O inquérito da morte de Oséias Vicente foi concluído na semana passada. A vítima teve o corpo localizado no dia 5 de junho, nas proximidades do terminal rodoviário da cidade, com queimaduras de terceiro grau. Ele morreu no dia 14 de junho após passar nove dias internado na UTI do Hospital da cidade.

Josiane tem várias passagens por crimes de roubos, tráfico de drogas e homicídios. Ela foi indiciada por homicídio qualificado. 











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Matéria(s) relacionada(s):

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO