22.08.2019 | 17h50


DELEGADO VÊ INOCÊNCIA

Mulher acusada de envolvimento na morte do marido é solta um dia após prisão

Thaynara Carolyne foi presa na terça-feira (20) e após interrogatório, delegado vê indícios de inocência e representa pela soltura na quarta-feira (21).


DA REDAÇÃO

Thaynara Carolyne Delneiro de Moraes, 21 anos, presa na terça-feira (20) sob suspeita de envolvimento no assassinato do marido, Mário Felipe Gualberto Abreu, 28 anos, foi colocada em liberdade na quarta-feira (21), segundo informou o delegado da Polícia Civil de Sorriso Nilson Farias.

De acordo com o delegado, Thaynara se mostrou com medo e coagida durante interrogatório e, consequentemente, deixou de dar informações importantes que poderiam ajudar nas investigações do crime. Mas após sua prisão a suspeita colaborou com os policiais e novos indícios dentro do inquérito policial apontam para uma possível inocência da jovem, por isso o delegado decidiu representar pela soltura.

Thaynara foi presa junto com o ex-namorado, Sidnei Vicente Verginio, 26 anos, acusados de envolvimento no assassinato do atual marido da acusada, Mário Felipe Gualberto Abreu.

O crime aconteceu no dia 22 de março deste ano, em Sorriso (400 km de Cuiabá), quando Mário foi encontrado baleado dentro de seu carro na porta de casa.

As suspeitas sobre Thaynara começaram porque ela seria a única beneficiada financeiramente com a morte do marido, já que receberia o seguro de vida e bens do patrimônio da vítima. 

Outras evidências davam conta de que ela, além de continuar um relacionamento extraconjugal com o ex, ainda teria tentado atrapalhar as investigações pedindo que outras pessoas ligassem para a polícia e fizessem denúncias falsas sobre o homicídio.

Veja matéria completa aqui.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER