09.11.2019 | 12h20


BRIGA DE TRÂNSITO

Motorista persegue Hilux com casal, atira e mata engenheira

Júlia Barbosa de Souza teria levado o tiro após o namorado ter fechado um motorista na Avenida Natalino João Brescansin.


DA REDAÇÃO

Júlia Barbosa de Souza, 28 anos, morreu após ser atingida por um tiro na cabeça durante perseguição na madrugada deste sábado (09), em Sorriso (420 km de Cuiabá), após uma briga de trânsito.

Ela estava com o namorado em uma caminhonete Toyota Hilux quando ultrapassaram um Gol e outra Hilux na Avenida Natalino João Brescansin, por volta das 3h. O motorista da caminhonete, ainda não identificado, teria ficado irritado após, supostamente, ter sido fechado e começou a perseguir o casal. Ele buzinava e mandava o namorado da vítima parar o carro a todo o momento, o que não foi obedecido.

RepórterMT/Reprodução

Mulher baleada em sorriso2.jpg

A mulher chegou a ser socorrida, mas não resistiu ao ferimento.

A perseguição se estendeu por várias ruas até o momento em que o acusado atirou. A bala quebrou o vidro traseiro da caminhonete e atingiu Júlia.

O namorado ainda socorreu a mulher e a levou para o Hospital Particular 13 de Maio. No entanto, ela não resistiu ao ferimento e morreu minutos depois de dar entrada na unidade.

O criminoso fugiram sentido MT-242 e não foi localizado até a publicação desta reportagem. 

O caso é investigado pela Polícia Civil.

 

Atualizada às 16h.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO