07.10.2010 | 23h41


POLÍCIA

Motorista de carro escolar é acusado de abusar de crianças



DA REDAÇÃO

Um denúncia dos pais de dois meninos de 6 e 7 anos culminou na prisão temporária (30 dias) de um homem que fazia o transporte escolar de crianças, em Várzea Grande.

A prisão de Claúdio Antonio de Oliveira, 47, foi feita nesta quarta-feira (6) pela Delegacia Especializada de Defesa da Mulher, da Criança e do Idoso, da Polícia Civil do município.

A ocorrência foi registrada no dia 23 de setembro na delegacia, que passou a apurar o caso. Os pais relataram que os filhos contaram que o "tio Cláudio", como o motorista era chamado pelas crianças, tinha trocado carícias com eles, mencionando contato íntimo, configurado como atos libidinosos.

De acordo com a delegada Juliana Palhares, há uma terceira vítima, um menino com idade entre 4 e 5 anos, que ainda não foi identificado.

Palhares disse que o suspeito fazia o transporte irregular de algumas crianças na região do bairro Jardim Glória e sempre deixava por último três crianças, momento que aproveitava para trocar carícias, entendidas como carinho pelos meninos. Ele utilizava o um veículo Scort velho, sem autorização para o transporte escolar.

Na delegacia, ele confessou a prática dos atos libidinosos e disse que teria sido um "momento de bobeira". "Por si só, por ter esse comportamento com menores já revela a prática de pedofilia", disse a delegada.

O suspeito foi indiciado por estupro de vulnerável e encaminhado à Cadeia Pública do Capão Grande, em Várzea Grande.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

Enquete

QUARENTENA

Você é a favor de parar tudo ou só isolar grupo de risco?

Sim, parar tudo é a melhor solução para conter o vírus

Não, parada total é suicídio econômico; será o caos pior que a doença

  • Parcial

INFORME PUBLICITÁRIO