22.08.2019 | 10h33


VEJA VÍDEOS

Motorista bêbado atropela e arrasta motociclista por vários metros

Segundo a PM, o acusado fugiu sem prestar socorro no bairro Três Barras, em Cuiabá, mas acabou preso minutos depois.


DA REDAÇÃO

O motorista, identificado pelas iniciais D.A.S., 39 anos, que conduzia um Volkswagen Novo Gol City, foi preso no final da noite de sábado (17) após atropelar um motociclista, que ficou preso em baixo do carro, e o arrastar por vários metros no asfalto.

O acusado fugiu sem prestar socorro no bairro Três Barras, em Cuiabá.

Uma mulher, que estava na garupa sofreu apenas escoriações leves. A Polícia Militar foi acionada, mas quando chegou no local as vítimas já tinham sido encaminhadas ao Pronto-Socorro. Na unidade, os envolvidos no acidente receberam atendimento médico e foram liberados.

Um vídeo, que circula na internet, capturou o momento do atropelamento e ajudará a Polícia Civil a apontar a responsabilidade sobre o acidente.

Nas imagens, após a queda, a mulher consegue se levantar e correr atrás do veículo que levou arrastado o condutor da moto deixando, aparentemente, um rastro de sangue sobre a pista. Ele foi socorrido pela mulher logo em seguida.

D.A.S. foi encontrado mais tarde na região do bairro Morada da Serra.

Os policiais levaram o motorista de volta ao local do acidente para ouvir as explicações do condutor, que ainda passou pelo teste do bafômetro que apontou 0,57 mg/l, índice maior do que o permitido por lei.

O acusado foi encaminhado à Delegacia de Flagrantes, onde foi registrada a ocorrência sob as acusações de conduzir veículo automotor sobe efeito de álcool, lesão corporal culposa e fuga do local do acidente sem prestar socorro à vítima.

De acordo com a Polícia Militar (PM) os veículos foram deixados no local por falta de guincho para fazer a apreensão.

Veja vídeos:

Vídeo do Site Gazeta Digital.

 

 











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER