30.05.2020 | 12h39


POLÍCIA / CPF CANCELADO

Morte de traficante transforma bairro de Cuiabá em ‘praça de guerra’; veja fotos e vídeos

Reação de populares e comparsas teve tiros de fuzil durante a madrugada deste sábado (30) na Avenida Beira Rio, região do bairro Santa Izabel.


DA REDAÇÃO

Um traficante de 25 anos, identificado apenas como “Vitinho”, morreu e a região do bairro Santa Izabel virou uma verdadeira ‘praça de guerra’ na madrugada deste sábado (30) durante uma operação policial da Rotam (Rondas Ostensivas Tático Móvel) contra o tráfico de drogas na Avenida Beira Rio, em Cuiabá.

Após a morte do traficante, populares e criminosos da região se revoltaram e fizeram enfrentamento às guarnições da Rotam, com disparos de arma de fogo, supostamente, fuzis.

De acordo com a ocorrência, a primeira equipe da Rotam recebeu denúncia de que Vitinho estaria armado e comercializando grande quantidade de drogas na região, quando a guarnição pediu apoio a mais duas equipes e fizeram o cerco da residência do criminoso.

A perceber que estava cercado, o traficante, que estava armado, correu para os fundos da residência, onde foi perseguido pelos militares. Para tentar escapar Vitinho pulou um muro, subiu no telhado e tentou se esconder numa casa em construção ao lado, porém, foi cercado.

Sem saída, o traficante chegou a apontar a arma para os militares, quando mediante a ameaça, os policiais atiraram contra o criminoso, que caiu ferido.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado para prestar socorro ao bandido, mas quando os médicos chegaram apenas constataram o óbito do traficante, que não resistiu aos ferimentos.

Após a confirmação da morte de Vitinho, familiares e populares da região se revoltaram e começaram a atacar os policiais a pedradas, quando foi necessário o disparo de munições de impacto controlado, granadas explosivas, espargidor (oc) e granadas fumígenas para a dispersão da aglomeração.

Em seguida, durante os trabalhos da Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec), novo ataque contra os militares começou, porém, desta vez se tratava de disparos de arma de fogo de grande poder de destruição, sendo a cadência dos tiros similar a de armas automáticas, como fuzil.

Para controlar a situação e resguardar a vida dos policiais foi preciso o apoio do Batalhão de Operações Especiais (Bope) e do Águia do Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer).

Com a situação controlada foi feita varredura pela casa do traficante morto, onde foram apreendidos 132 trouxas de substância de pasta base; uma porção grande de pasta base; 20 kg de ácido bórico; um revólver calibre 38 e 16 munições calibre 38.

Com os trabalhos concluídos no local, durante a saída do bairro, os populares voltaram a apedrejar os policiais, sendo necessário, novamente, disparos de munições de impacto controlado.

A arma usada por Vitinho durante a ocorrência, apreendida pelos policiais, foi checada e verificada como produto de roubo de uma empresa de segurança.

Após consulta da identidade do traficante morto no bando de dados da Justiça, foi verificado que ele tinha três passagens criminais por tráfico de drogas, uma por porte ilegal de arma de fogo, quando foi detido durante uma troca de tiros com a polícia há poucos dias, e ainda por desobediência.

A ocorrência foi registrada por morte por intervenção de agente do estado, porte ilegal de arma de fogo de uso permitido, tráfico ilícito de drogas e encaminhada à Delegacia de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP), responsável pelo caso.

Veja os vídeos:

 

Galeria de Fotos:
Crédito:
Crédito:
Crédito:
Crédito:
Crédito:
Crédito:
Crédito:
Crédito:
Crédito:
Crédito:
Crédito:
Crédito:
Crédito:










(4) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Revoltado   31.05.20 15h01
Com arma ou sem arma, parabéns aos policiais, mais um CPF de traficante CANCELADO.

Responder

20
1
Flavio  30.05.20 23h17
Menos um traficante. A sociedade agradece.

Responder

29
0
Pablo   30.05.20 20h46
Falaram que ele tava armado tudo mentira ele tava escondido de baixo de uma cama sem arma nem uma mataram ele na maior covardia policia do caralho é tambem nao teve nem uma troca de tiro

Responder

3
38
Vitor  31.05.20 12h09
Parabéns a Polícia um vagabundo a menos, ta certinho tem que acabar com essas pragas mesmo.

Responder

28
1
Victor  31.05.20 22h08
Pena que não fez a limpa e não terminou de matar o restante..quem apoia bandido merece o mesmo caminho.

Responder

15
0
Papo Reto  31.05.20 23h20
sai matano victor justiceiro .. para de ser pela saco a vida e uma roda cuidado fiotee.. Mente pequena dimais

Responder

0
3
Roberto  30.05.20 20h34
Parabéns PM, desce o aço ..

Responder

21
0
Matéria(s) relacionada(s):

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO