10.08.2015 | 11h45


RAÇA INFAME

Menor diz que matou coronel porque ele reagiu e que baleou a esposa por tentar defender marido

Delegado disse que os três menores acusados do crime devem ser ‘internados’ em centros socioeducativos do estado. Um quarto assaltante, de 23 anos, já está preso em uma cela da Penitenciária Ferrugem.


DA REDAÇÃO

O menor de 15 anos disse que atirou no tenente-coronel da Polícia Militar, Helton Vagner Martins, de 39 anos, assassinado neste sábado (8) em Sinop, porque o policial tentou tomar a arma dele, durante um roubo ocorrido na casa da vítima. A Polícia Militar prendeu outros dois menores, de 15 e 16 anos, e assaltante de 23 anos, nome não divulgado, acusados de executarem o crime.

"Um dos bandidos encontrou um boné com o símbolo da PM. Com isso, o menor conta que o militar teria tentado tomar a arma dele, por isso atirou. Em seguida, a esposa entrou na frente e acabou baleada também”, relatou o delegado.

Ao , o delegado Marcelo Carvalho, da Delegacia de Roubos e Furtos de Sinop, contou que os quatro detidos estavam em uma caminhonete Hilux preta e ao passarem em frente à casa do militar, o flagraram lavando o carro. “Eles passaram três vezes em frente à casa da vítima e decidiram executar o roubo”, destacou.

Os três menores desceram do veículo e invadiram a casa do militar anunciando o roubo. Um deles estava armado com uma pistola.

“Helton, a esposa e dois filhos foram rendidos. Durante a procura de objetos de valores na casa, um dos bandidos encontrou um boné com o símbolo da PM. Com isso, o menor conta que o militar teria tentado tomar a arma dele, por isso atirou. Em seguida, a esposa entrou na frente e acabou baleada também”, explicou. Assustados os três fugiram a pé e embarcaram na Hilux, estacionada nas proximidades da casa.

De acordo com o delegado, o menor, acusado de ter atirado no casal, tem várias passagens na Polícia pelo crime de roubo. “Agora eles devem ser 'internados' em um centro socioeducativo do Estado. O quarto assaltante já está preso em uma cela da Penitenciária Osvaldo Florentino Leite (Ferrugem), em Sinop”, falou.

O delegado disse que ainda deve ouvir policiais que atenderam a ocorrência e a esposa do militar, que foi baleada três vezes e segue internada em um hospital da cidade, além dos filhos do casal.

 

arquivo pessoal

PM sinop e mulher

 Militar, esposa e os filhos. 

 


FUGA E PRISÃO DOS BANDIDOS

Após o crime a Polícia Militar de Sinop iniciou as diligências em busca da quadrilha. Na fuga, os bandidos ocasionaram um acidente na entrada do bairro Jardim Umuarama, também na cidade.

Dois jovens em uma moto perceberam a aproximação em alta velocidade da caminhonete. Ao verem que o veículo não pararia, eles acabaram pulando da motocicleta para não serem atropelados.

Ao caírem no chão, os dois quebraram a perna e tiveram que ser socorridos pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) e levados ao hospital.

Durante as diligências, quatro pessoas, familiares dos bandidos, acabaram detidos acusados de ajudarem na fuga.

 




Reprodução

bandido

Pior é que nem mostrar a cara desses pulhas a imprensa pode. E ainda tem quem os defenda enquanto uma família é destruída

 

MORREU APÓS CIRURGIA

Helton que foi baleado na cabeça e no peito chegou a ser socorrido, mas morreu durante uma cirurgia no Hospital Regional de Sinop.

O corpo do militar foi velado neste domingo (9), na Igreja Batista, em Sinop e em seguida transladado para Cuiabá onde também será velado e em seguida, sepultado em um cemitério Parque Bom Jesus, da capital.

Helton estava trabalhando em Sinop há 7 anos. Ele tinha 22 anos de carreia, segundo informou a Secretaria Estadual de Segurança Pública (Sesp).

reprodução

Velorio PM

Comoção e dor no velório de militar morto por bandidos em Sinop

LEIA MAIS AQUI

Corpo de coronel da PM é velado em Sinop e deve ser enterrado em Cuiabá

PM baleado por bandidos em casa não resiste e morre após cirurgia











(4) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

cuiabano  10.08.15 20h56
Cara para mostrar o rosto desses marginais, e so postar no watsapp, que logo todo mundo ve, esta na hora de sermos mais esperto e mostrar-mos o rosto desses assassinos para que a populacao saiba quem sao

Responder

0
0
Paulo Jorge  10.08.15 14h42
Eu tenho a certeza absoluta que, na hora da captura dos meliantes os policiais que ao invés de prender a quadrilha, deveria ter mandado todos para o local do silen- cio, sob a alegação que reagiram ao comando de se entregarem.Bandido bom é bandido morto em qualquer idade.

Responder

0
0
Claudio   10.08.15 12h52
Fato lamentável esse,,, que DEUS conforte essa família,,, mas até quando eh, a PM tem q reagir sim bandidos como esses não deve viver em lugar nenhum aguardamos posicionamento por parte da PM/MT ou vcs vão deixar bandidos matar mais policia ai, com certeza estão comemorando, é brincadeira negocio desse vamos aguardar a reação da policia vocês são do bem não deixa esse mal como está façam justiça esses canalha tem q morrer sim todos eles urgente.

Responder

0
0
HEITOR GERALDO REYES  10.08.15 12h51
Sou favorável a diminuição da idade penal e Vc!!!!!

Responder

0
0
Matéria(s) relacionada(s):

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER