28.05.2020 | 16h44


POLÍCIA / SOCIOEDUCATIVO

Menor cumpre ordem de facção e executa colega de quarto para ser ‘batizado’

O adolescente foi encontrado pendurado pelo pescoço durante a noite dessa quarta-feira (27), no Centro de Atendimento Socioeducativo Masculino (Case) de Sinop.


DA REDAÇÃO

Um adolescente de 15 anos, nome não divulgado, interno do Centro de Atendimento Socioeducativo Masculino (Case) de Sinop (500 km da Capital), foi executado por dois ‘colegas’ de quarto e comparsas de facção criminosa durante a noite dessa quarta-feira (27).

De acordo com a ocorrência, os agentes da unidade ouviram gritos vindos do quarto que o menor dividia com mais três adolescentes, onde supostamente estaria acontecendo uma briga generalizada entre os internos.

No quarto, os servidores encontraram o adolescente pendurado pelo pescoço, quando teriam corrido para soltar o menor, que estava desacordado.

Uma equipe de resgate do Corpo de Bombeiros foi acionada para prestar socorro ao adolescente, mas quando os paramédicos chegaram apenas constataram a morte do menor.

Questionados sobre o acontecimento, um dos ‘colegas’ de quarto confessou o crime e disse que tinha assassinado o garoto com a ajuda de mais um e que estaria obedecendo ordem da facção.

O assassino ainda revelou que a motivação para o crime foi por que a ‘vítima’ teria cometido um assassinato sem a autorização da organização criminosa.

O adolescente ainda revelou que seria ‘batizado’ e reconhecido como membro da facção após cumprir a ordem.

A Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) foi acionada na unidade, onde analisou o corpo do adolescente e colheu evidências pelo quarto que comprovem as circunstâncias do homicídio. Em seguida, o cadáver foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) para exame de necropsia, que deve confirmar a causa clínica da morte.

O caso foi registrado por infração análoga a crime de homicídio doloso e a ocorrência encaminhada à Delegacia de Polícia Civil, responsável pela investigação do caso.











(1) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Delirando  30.05.20 17h54
Esse não tem estrutura para gerenciar nada.

Responder

0
1
Matéria(s) relacionada(s):

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO