19.02.2011 | 11h44


POLÍCIA

Menina de 14 anos é presa com cocaína e maconha

SILVANA RIBAS 11h43
A GAZETA

Uma adolescente de 14 anos foi apreendida quando tentava esconder 27 porções de pasta-base de cocaína no sutiã, além de uma porção de maconha. O flagrante aconteceu por volta das 2h de ontem, em um bar na periferia de Várzea Grande.

Ela estava em uma mesa com outros 6 jovens, 4 deles menores, com idades de 15 e 17 anos. Os maiores foram identificados como Paulo Sérgio Arruda Moraes, 20, e Marcos Martinho da Silva, 18.

A adolescente J.H.P.M.S. 14, estava em companhia do grupo na, varanda do bar Parada Obrigatória, no bairro Vitória Régia. Os policiais militares foram acionados por uma ligação ao 190 que dizia que um grupo de jovens estava comercializando drogas livremente no local.

Durante a abordagem os policiais já visualizaram um pedaço de sacola plástica debaixo da mini-blusa da adolescente, quando ela assumiu ser a dona da droga. Disse que pegou o entorpecente com um homem conhecido como Osvaldo, no bairro Pirinéu. O grupo foi encaminhado ao Centro Integrado de Segurança e Cidadania (Cisc) do Parque do Lago, para ser ouvido. J. foi autuada por tráfico e encaminhada a Promotoria da Infância e Adolescência.

Outra detenção de menor foi registrada na periferia onde uma adolescente e um proprietário de bar foram encaminhados para a delegacia por venda de bebida alcoólica para menores. A adolescente E.R.S., 17, foi flagrada em uma mesa de bar no bairro Jardim Novo Horizonte, às 22h30 de quinta-feira, em companhia da irmã mais velha e de um grupo de rapazes.

Durante uma ronda de rotina, os PMs perceberam que a jovem era menor fizeram a autuação do proprietário do comércio, João Rodrigues dos Santos, 44. No Cisc João confirmou a versão da jovem de que ela teria chegado com a irmã e pedido um refrigerante.

Como não tinha no local, a mulher dele foi pegar de um bar vizinho, no momento em que a Policia Militar chegou. Houve inclusive uma discussão entre os PMs e a mulher do proprietário e todos foram levados até o Cisc. O caso será encaminhado para a Delegacia Especializada da Infância e Juventude (Deij) do município.

Tolerância zero

A venda de bebidas alcoólicas para menores e a permanência deles em bares e locais de risco durante as noites e madrugadas em Várzea Grande já estão sendo combatidas. Quem garante é o tenente-coronel Peri Taborelli, que assumiu o Comando Regional 2 da PM, que abrange os municípios de Várzea Grande, Rosário Oeste, Jangada, Poconé, Nossa Senhora do Livramento, Jangada, Nobres e Acorizal.

O objetivo da ação "choque de ordem" é reduzir o número de crimes envolvendo adolescentes, tanto como vítimas como infratores.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO