10.11.2019 | 12h52


EXECUÇÃO NA NOITE

Membro do Comando Vermelho é morto a tiros após expulsar cliente de bar por não gostar de tatuagem

Segundo testemunhas, um homem desceu da garupa da moto e atirou contra o criminoso.


DA REDAÇÃO

Um membro da facção Comando Vermelho, que não teve o nome informado, foi executado dentro de um bar no Bairro XV de Novembro, em Mirassol d’Oeste (295 km de Cuiabá), na noite de sábado (09).

Segundo a Polícia Militar, ele estava na parte da frente do bar quando dois homens chegaram numa motocicleta, o garupa desceu e atirou contra o rival, que tentou se esconder dentro do bar.

Uma das testemunhas disse à polícia que horas antes, o homem teria ameaçado e expulsado um cliente do estabelecimento, pois, tinha visto uma tatuagem que não o agradou. O desenho tinha, segundo o membro do CV, símbolo contrário à simbologia de sua organização criminosa.

Tempo depois ele foi executado.

A polícia fez buscas na casa da “vítima” onde foi encontrado, em um dos quartos, um revólver calibre 38 com numeração raspada, cinco munições e uma faca com bainha.

Os materiais foram entregues a Polícia Civil, que investiga o crime.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Matéria(s) relacionada(s):

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO