24.04.2011 | 10h18


POLÍCIA

Médicos não entram em consenso com secretário e confirmam greve

FERNANDA LEITE 17h43
DA REDAÇÃO

Após reunião com secretário de Saúde de Cuiabá, Antonio Pires, o Sindicato dos Médicos de Mato Grosso (Sindimed-MT),decidiu manter a greve prevista para iniciar na próxima terça-feira (26). De acordo com o diretor do Sindimed, José Pinheiro Coelho Filho, a categoria continua sem reposta sobre o aumento do Índice de Valorização da Qualidade (IVQ) e a implantação da Classificação Brasileira de Hierarquização dos Procedimentos Médicos (CDHPM), referente à produtividade e a qualidade dos atendimentos realizados.

Segundo o diretor, a fala do secretário é a mesma de todos os gestores que já administraram a pasta da saúde na capital." Ele falou que iria analisar a proposta. Desde o começo desta gestão que estamos pedindo os reajuste, que já está congelado por mais de 8 anos", observou Pinheiro.

A categoria, paralisará 100% dos atendimentos ambulatoriais e eletivos e manutenção dos atendimentos de urgência e emergência, nos hospitais conveniados entre eles, Santa Casa de Misericórdia, Santa Helena e SóTrauma

 











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO