alexametrics
29.10.2010 | 08h43


POLÍCIA

Médicos de Colíder entram em greve por regularização de salários

sonoticias

Os médicos do hospital regional de Colíder (160 km de Sinop) decidiram, esta tarde, iniciar greve por tempo indeterminado. A confirmação é do diretor clínico da unidade, Marcelo Sanson. "Paralisamos até ter alguma posição do Governo do Estado", disse. A categoria quer receber valores atrasados a título de interiorização (complementação salarial) e de plantões, cujos pagamentos estão, de acordo com Marcelo, atrasados desde julho.

O montante devido para cerca de 44 profissionais não foi confirmado. De acordo com Sanson, varia para cada especialidade. "Houve a promessa que os valores seriam regularizados mas, até o momento, de concreto, nada. Caso haja o repasse desses valores nos reuniremos em assembleia de novo e decidiremos o retorno", afirmou.  Pelos próximos dias, segundo Sanson, só serão mantidos 30% dos atendimentos de urgência e emergência.

A decisão de paralisação ocorreu após assembleia. 15 médicos participaram. Conforme Só Notícias informou, o Hospital Regional de Colíder (que recebe moradores de várias cidades do Nortão em sistema de consórcio) faz, atualmente, cerca de 2,5 mil atendimentos (em média) por mês.

Recentemente, médicos do hospital regional de Sorriso (que atendem pacientes de 15 cidades da região) pararam as atividades alguns dias reivindicando reposição de 21% referente ao salário complementar.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO

Bebe Prime