16.03.2020 | 19h00


POLÍCIA / AMEAÇOU DE MORTE

Marido chega bêbado em casa e obriga mulher fazer sexo com entregador de bebidas

O acusado foi encontrado pela PM tentando se esconder em cima de uma árvore no bairro Santa Maria, em Juara, na madrugada desse domingo (15)


DA REDAÇÃO

Um homem de 31 anos, nome não revelado, foi preso bêbado, durante a madrugada desse domingo (15), após tentar obrigar a esposa de 29 anos, nome não divulgado, por meio de ameaças de morte, a manter relações sexuais com entregadores de bebidas dentro de casa, no bairro Santa Maria, em Juara (709 km da Capital).

De acordo com a ocorrência, o acusado teria chegado em casa, por volta das 01h30, completamente bêbado, e obrigado a vítima ligar para uma distribuidora e pedir que fosse entregue bebidas no endereço do casal e ainda ordenado à mulher que no momento em que o entregador chegasse era para ela convidar o rapaz para entrar e fazer sexo com ele.

Porém, no momento da entrega, a esposa pagou pelas bebidas e o entregador foi embora, desobedecendo ‘a ordem’ do marido.

Muito nervoso e com mais ameaças, deixando claro que se ela se recusasse novamente a mataria, o acusado fez a mulher ligar para outra conveniência e pedir outra entrega, mas dessa vez o próprio marido esperou e ofereceu a vítima ao entregador, que recusou a proposta indecente. Apenas recebeu pela entrega e foi embora.

O homem agressivo teria dito que se a esposa não arrumasse alguém para fazer sexo, ela seria morta.

Em determinado momento, quando o marido bêbado se distraiu, a vítima conseguiu correr e acionar a Polícia Militar, que compareceu ao endereço, ouviu a testemunha e saiu em buscas pelo acusado que fugiu.

Ele foi encontrado pelos militares em cima de uma árvore, ainda nas proximidades de sua casa.

O homem foi encaminhado à Delegacia de Polícia Civil para esclarecimentos sobre o caso, onde ficou detido aguardando os procedimentos cabíveis ao caso.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Matéria(s) relacionada(s):

TV REPÓRTER

Enquete

REMÉDIO POLÊMICO

Você tomaria hidroxicloroquina caso contraísse Covid-19?

Sim. O remédio está no mercado há 70 anos

Não. O remédio não tem comprovação de pesquisa para Covid

Não. Cloroquina é o remédio do Bolsonaro

  • Parcial

INFORME PUBLICITÁRIO