12.02.2011 | 11h20


POLÍCIA

Major da PM reage a assalto e mata bandido dentro de casa

ROBERTA DE CÁSSIA  8h30
DA REDAÇÃO

Dois bandidos invadiram a casa do Major Claudemir Gasparetto, da Polícia Militar de Mato Grosso, no bairro Cohab Canelas, em Várzea Grande. O militar reagiu e matou um dos ladrões.

Os bandidos estavam numa moto titan prata e chegaram à casa do major por volta das 4h30, onde renderam a filha do PM Naiane Domingos Gasparetto, 23 anos, que acabara de chegar. O major estava dormindo e acordou com o barulho.

Gasparetto entrou em luta corporal com os bandidos e disparou vários tiros contra os mesmos, acertando Djon Robert Luna de Carvalho, 24 anos no tórax.

O bandido morreu na hora. O outro de nome Jailto Oliveira de Arruda, 19 anos levou um tiro na perna e fugiu andando, mas acabou preso a poucos metros da casa, num matagal. O major também se feriu. Ele foi atingido com um tiro de raspão na orelha. A ocorrência foi atendida pelos policiais do 4º Batalhão da PM que foram até o matagal e não conseguiram achar a arma do bandido.

O Major Claudemir Gasparetto trabalhou no Palácio Paiaguás como integrante da equipe de segurança do ex-governador Blairo Maggi (PR).

Veja nota do Comando Regional II

 

 

POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DE MATO GROSSO

COMANDO REGIONAL II

4º BATALHÃO DE POLÍCIA MILITAR

 

Na madrugada de sexta-feira para sábado, dia 12 de Fevereiro de 2011, um oficial da Polícia Militar, reagiu a uma tentativa de roubo, matando um assaltante e ferindo o outro, no Bairro Canelas, Várzea Grande.

Por volta das 04h30min, no momento em que a filha do oficial da polícia, identificado como Major PM Claudemir Gasparetto, adentrava em sua residência, os criminosos, que estavam em uma moto roubada, uma CG Titan prata KS, placa JZP-0618 anunciaram o roubo, e foram em direção ao interior da casa.

Não contavam, no entanto, com o tirocínio do policial que ao perceber que algo estava errado, entrou em luta corporal com os delinqüentes, momento este, em que um deles, que portava uma arma de fogo, disparou diversas vezes na direção do policial, chegando a feri-lo na região da cabeça. Numa ação rápida, o PM sacou a arma durante o embate e conseguiu acertar Djon Robert Luna de Carvalho de 24 anos, que veio a óbito, que já tinha duas passagens por roubo.

E feriu Jailto Oliveira de Arruda, 19 anos, na região da perna, que tentou fugir e desfez-se da arma de fogo, sendo capturado, no entanto, logo em seguida, e conduzido ao Pronto Socorro Municipal de Cuiabá.

Foi levado ainda como suspeito que se encontrava pelo local do crime, Ricardo da Silva Rodrigues, 28 anos, de Campo Grande, com histórico de passagem por roubo, falsificação, e tráfico de drogas. O caso foi registrado no CISC Leste, no Parque do Lago, Várzea Grande.

A excelente atuação do policial militar mostra a sociedade o quanto a polícia esta bem preparada e atuante no cenário contemporâneo, onde mesmo no momento de folga o policial agiu sobre o perfeito estado de necessidade, afastando o perigo atual e inevitável numa ação de proteção para garantir o bem jurídico próprio, que é a própria vida. Fato este, que terá sua ação respaldada, e observada no Inquérito Policial Militar a ser instaurado no caso.

O policial envolvido recebeu ainda todo suporte necessário, dos novos comandantes Regional e do 4º Batalhão, Coronel Pery Taborelli Silva Filho e Tenente-Coronel, Manuel dos Santos Rosa, respectivamente, que assumiram o novo comando com o claro objetivo de enfrentar a criminalidade e diminuir os índices de violência em Várzea Grande, levando a criminalidade a um nível aceitável.

 

VINÍCIUS DE SOUSA CONEZA – ASP OF PM

RGPMMT 883.798

 

 











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO