02.03.2011 | 18h55


POLÍCIA

Mais de 3,5 mil PMs farão segurança no carnaval

GAZETA DIGITAL 17h54

A Polícia Militar informou que vai empenhar 3.554 homens e 344 veículos nos 152 locais de festas públicas de 130 municípios do Estado nos cinco dias de carnaval. O planejamento operacional foi divulgado, nesta quarta-feira (02.03), em coletiva à imprensa pela Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp).

Na Baixada Cuiabana serão empregados 584 militares e 31 viaturas. Desse total, 324 policiais atuarão em Cuiabá. A Ronda Ostensiva Tático Móvel (Rotam) dará apoio nas ações com 80 policiais militares. A estimativa da Polícia Militar é que pelo menos um milhão de pessoas estarão nas ruas durante a semana do Carnaval. Apenas nos 21 pontos de folia na Baixada Cuiabana são esperadas 125 mil pessoas.

O Batalhão de Polícia Militar de Trânsito Urbano e Rodoviário, reativado em maio de 2010 pelo Plano de Ações de Segurança (PAS), atuará na MT-010 (Rodovia da Vida - Cuiabá/Nossa Senhora da Guia); MT-040 (Cuiabá/Santo Antônio do Leverger/Barão de Melgaço); MT-060 (Cuiabá/Nossa Senhora do Livramento) e na MT-251 (Cuiabá/Chapada dos Guimarães). Nesses locais, 128 militares vão realizar barreiras fixas, móveis, patrulhamento e comboios. Todos os veículos serão abordados com revista no interior e busca pessoal nos ocupantes. Os policiais irão utilizar bafômetros em todas as barreiras.

A Polícia Militar também estará presente nos municípios de Poconé, Nossa Senhora do Livramento, Rosário Oeste e Nobres com a Força Tática, além dos municípios de Chapada dos Guimarães e Santo Antônio do Leverger com 326 policiais militares; e em Nossa Senhora do Livramento, 140 homens.

O Corpo de Bombeiros irá empregar 253 militares na Baixada Cuiabana e 455 homens no interior do Estado. Os militares vão atuar nos serviços de prevenção contra incêndio, pânico e acidentes nos locais de concentração de público, realizando as intervenções imediatas e necessárias. Vão realizar também a prevenção contra acidentes e intervenção imediata nas principais rodovias de acesso às cidades com grande fluxo de foliões, identificando condições e atos inseguros com objetivo de prevenir acidentes.

Os bombeiros vão atuar também no primeiro atendimento em vítimas de mal súbito, quedas, acidentes, além de orientação e controle de situações de pânico generalizado.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO