alexametrics
25.07.2010 | 14h04


POLÍCIA

Mãe drogada é flagrada pela Polícia



A Polícia Militar encontrou uma mulher, que consumiu cápsulas de entorpecente, e estava com o filho de 2 meses no colo. Sandra Aparecida, 21, disse aos policiais que após ingerir o produto começou a passar mal. Ela foi socorrida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e a criança levada para o Centro Integrado de Segurança e Cidadania (Cisc) do bairro Parque do Lago, em Várzea Grande.

Segundo informações do boletim de ocorrências, uma viatura estava fazendo ronda na avenida Governador Júlio Campos, perto do posto Trevinho, quando viu a mulher em visível estado de embriaguez, carregando uma criança com aparência de recém-nascida no braço. Ela estava na calçada, que tinha deformidades, e não conseguia manter a coordenação motora.

A mulher tropeçou no meio fio, caindo de uma altura de aproximadamente 1 metro. Sandra teve algumas lesões pelo corpo, mas a criança não foi atingida.

A situação chamou a atenção dos policiais, que resolveram verificar o caso. A suspeita não tinha condições nem sequer de conversar com os policiais militares. Ela saiu de uma casa abandonada e após a queda, quando viu a Polícia, pediu para ser socorrida.

Sandra contou que tinha ingerido droga, porém não deu nenhum tipo de esclarecimento sobre a origem do produto ou qual objetivo com a ingestão. No imóvel de onde ela havia saído, foram encontradas 6 trouxinhas de pasta-base de cocaína.

O bebê foi levado para o Cisc, onde ficou sob o cuidado dos policiais até a avó materna ir buscá-lo. Sandra ficou internada no Pronto-Socorro.

Até a manhã de ontem, Sandra não havia prestado depoimento e também não havia confirmação do consumo de cápsulas pela suspeita. A PM registrou o caso como maus-tratos a criança e tráfico de drogas.

A conselheira tutelar do Centro, Patrícia Débora Barcelos, que estava de plantão no final de semana, afirma que a instituição não foi acionada para atender o caso. A reportagem não conseguiu falar com o delegado responsável pelo atendimento da ocorrência.

Pai e filho - O filho de um usuário de drogas precisou da ajuda da Polícia na noite de sexta-feira, no bairro 1º de março, região do CPA, em Cuiabá. Hugo Júnior Corrêa de Jesus, 23, falou que estava em casa quando o pai, Hildo Corrêa da Silva, 43, chegou com amigos, "que não são de boa índole", segundo a vítima.

No boletim de ocorrência, ele contou que Hugo começou a agredi-lo verbalmente sem motivo aparente e, no meio da discussão, chegou a quebrar a janela da casa.

Ele ficou incontrolável e a Polícia foi chamada pelos vizinhos. No local, os policiais encontraram 3 trouxinhas de pasta-base de cocaína, que seriam consumidas pelo acusado e amigos.

Os envolvidos foram levados para a Central de Flagrantes, onde foi feito o registro do fato e a confecção do Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO).











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO

Bebe Prime