18.11.2019 | 18h00


CPF CANCELADO

Ladrão de carro é morto ao trocar tiros com o Gefron na fronteira com a Bolívia

Regiano Saldanha Parava foi morto no momento em que tentava levar um Ford Ka para a cidade de San Matías, na Bolívia.


DA REDAÇÃO

Regiano Saldanha Parava, 22 anos, morreu após trocar de tiros com policiais do Grupo Especial da Fronteira (Gefron), na manhã desse domingo (17), numa estrada vicinal da zona rural de Cáceres (218 km da Capital), que dá acesso à cidade de San Matías, na Bolívia. Um comparsa de Regiano conseguiu fugir.

Os bandidos, segundo o Gefron, estavam com uma motocicleta Honda NXR Bros e um Ford Ka, que foram roubados na semana passada. Os dois crimes cometidos à mão armada.

No boletim de ocorrência consta que os policiais faziam rondas pela região, por volta das 09h20, quando viram os criminosos em atitude suspeita e tentaram se aproximar para fazer a abordagem. No entanto, o ladrão que estava na motocicleta abandonou o veículo na estrada e fugiu a pé.

Já Regiano, que estava com o Ford Ka, desceu do veículo armado com um revólver calibre 38 e disparou contra a guarnição, que revidou e atingiu o bandido. Mesmo ferido, ele ainda tentou correr a pé, mas não resistiu e caiu cerca de 50 metros.

Os veículos roubados foram recuperados, encaminhados ao pátio da delegacia e os proprietários comunicados.

O revólver foi apreendido com cinco munições intactas e uma deflagrada.

A Delegacia Especial de Fronteira (Defron) investiga o caso.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO