26.02.2011 | 09h23


POLÍCIA

Justiça condena quadrilha por tráfico de drogas em Tangará

DA REDAÇÃO                  08h22


Depois da denúncia feita pelo Ministério Publico, a Justiça condenou esta semana 13 pessoas que integravam uma quadrilha em Tangará da Serra . A quadrilha foi condenada por tráfico de drogas, em 2009. O grupo era composto por 19 integrantes, mas quatro estão foragidos e os processos tiveram que ser desmembrados. Apenas duas pessoas foram inocentadas.

Cinco dos 13 condenados não terão direito de recorrer da sentença em liberdade. As penas aplicadas variam de sete a oito anos de prisão, conforme a participação de cada integrante da quadrilha.

Os réus buscavam a droga em outros municípios da região para comercializar em Tangará da Serra. O fato veio à tona após a prisão de uma das integrantes da quadrilha durante fiscalização de rotina em um ônibus da Empresa TUT Transportes. Na ocasião, a passageira transportava 113 trouxinhas de cocaína. "Após a prisão, dando continuidade às investigações, a Polícia Civil, por meio de monitoramento, via interceptação telefônica, deflagrou a 'Operação Piau', baque em que acabou resultado na prisão de todos os denunciados", destacou o promotor de Justiça Mauro Poderoso de Souza.

Para o promotor, um dos 'chefes' da quadrilha, Edson Ribeiro da Silva, conhecido como "Piau", comandava o tráfico de dentro da cadeia e passava as ordens para outra integrante do grupo que efetuava o comércio de drogas. "A droga tinha como fim o abastecimento das bocas de fumo, e também, a venda para usuários, ficando caracterizado o vínculo subjetivo e a divisão de tarefas visando o objetivo comum", ressaltou o representante do Ministério Público, em um trecho da denúncia.

 











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO