06.07.2020 | 18h32


POLÍCIA / CASOS DE FAMÍLIA

Jovem mata o sogro com golpes de faca no pescoço e peito para defender a sogra

Jefferson de Lima invadiu a casa da ex-mulher na madrugada desse domingo (05) com uma faca nas mãos e começou a ameaçá-la


DA REDAÇÃO

Jefferson de Lima, 46 anos, foi morto a facadas durante a madrugada desse domingo (05). Ele invadiu a casa da ex-mulher, armado com uma faca, e fez ameaças de morte contra ela. Jefferson acabou entrando em luta corporal com seu genro, que foi defender a sogra. O rapaz conseguiu desarmar o agressor e o atingiu com dois golpes, um no peito e outro no pescoço. O homicídio foi registrado no bairro Residencial Paiaguás, em Cuiabá.

Uma equipe de resgate do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) prestou socorro a Jefferson, que recebeu os primeiros socorros na casa da ex e foi encaminhado à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do bairro Verdão, mas não resistiu aos ferimentos e morreu na unidade de saúde.

A Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) foi acionada na UPA por volta da 1h para fazer a liberação do corpo.

De acordo com as informações da mulher, ela tem medida protetiva contra o ex-marido, mas Jefferson não obedecia à ordem judicial e naquela madrugada invadiu a casa com uma faca nas mãos ameaçando ela. O genro, ao ver as agressões, interveio na briga defendendo a sogra, mas acabou entrando em ‘vias de fato’ com o sogro.

No momento da briga entre os dois, o genro desarmou Jefferson e o atingiu com uma facada no pescoço e outro no peito.

O acusado foi encontrado na casa, onde também foi ouvido pelos militares, no entanto, foi detido e encaminhado à Delegacia de Polícia Civil, onde foi ouvido pelo delegado e colocado à disposição da Justiça.

A ocorrência foi registrada por crime de homicídio e os investigadores da DHPP investigam todos os fatos.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Matéria(s) relacionada(s):

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO