25.02.2020 | 13h10


POLÍCIA / VIOLÊNCIA NA MADRUGADA

Jovem de 21 anos é assassinado com facadas no peito

irmão da vítima reconheceu o corpo na madrugada dessa segunda-feira (24) e informou que o celular da vítima não foi encontrado. Polícia suspeita de latrocínio


DA REDAÇÃO

O jovem Ronei Pereira, 21 anos, foi encontrado morto a facadas, na região do peito, ao lado de um ferro velho na madrugada dessa segunda-feira (24) nas proximidades do bairro Vila Operária no município de Aripuanã (949 km da Capital).

De acordo com o irmão da vítima, que compareceu ao local e identificou o corpo, Ronei morava perto de onde o cadáver foi encontrado. Ele afirmou ainda que o jovem estava com um celular da marca Samsung, que não foi encontrado na cena do crime.

A Polícia Militar (PM) atendeu a ocorrência por volta das 03h30, isolou á área e acionou os órgãos competentes para atendimento do caso.

A Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) analisou as condições em que o corpo foi encontrado e colheu informações que apontem as circunstâncias do crime.

Em seguida, o cadáver foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) para exame de necropsia, que vai apontar a causa clínica da morte.

Um laudo com informações da perícia, que podem ajudar a chegar aos autores do crime, será liberado nos próximos dias.

Até a publicação desta reportagem ninguém havia sido preso.

Ainda não há informações oficiais sobre a motivação do crime, apenas que a vítima teve o celular roubado durante a ação dos bandidos, o que pode caracterizar latrocínio, roubo seguido de morte.

A ocorrência, inicialmente registrada por crime de homicídio doloso (quando há intenção de matar) foi encaminhada à Delegacia de Homicídios do município, responsável por investigar o assassinato.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Matéria(s) relacionada(s):

TV REPÓRTER

Enquete

QUARENTENA

Você é a favor de parar tudo ou só isolar grupo de risco?

Sim, parar tudo é a melhor solução para conter o vírus

Não, parada total é suicídio econômico; será o caos pior que a doença

  • Parcial

INFORME PUBLICITÁRIO