alexametrics
20.10.2010 | 17h58


POLÍCIA

Instrutor de auto-escola bate carro e fere dois em VG

MAYARA MICHELS
DA REDAÇÃO

Um carro de auto-escola se envolveu em um acidente, ao bater em quatro veículos, no final da manhã desta quarta-feira (20), na Avenida Mario Andreaza, em Várzea Grande. Duas pessoas ficaram feridas.

Segundo as informações de populares que presenciaram o acidente, o instrutor Gilberto Sócrates iria fazer um contorno, quando colidiu com um Pálio que vinha na preferencial, em alta velocidade. Com o choque, o automóvel bateu na traseira de um Tempra, que estava parado e que empurrou um Gol e um Fusca.

Com escoriações no corpo, o motorista do Pálio, identificado apenas como  Marcos, foi encaminhado ao Pronto-Socorro de Várzea Grande, juntamente com o instrutor, pelo Serviço de Atendimento Móvel de Saúde (Samu). Após o acidente, os dois estavam conscientes, porém com dores no copo e na cabeça. O instrutor estava sozinho no veículo.

A surpresa maior foi quando, de dentro do Tempra que estava parado, saiu Obdere Franscisco de Prado, 23. "Eu vim trazer a minha namorada para fazer uma prova no Detran e resolvi esperar dentro do carro, mas acabei dormindo; acordei com o barulho de uma freada e, na hora em que levantei, fui jogado para frente do painel do carro com muita força. Sai do carro e vi que com a colisão o Palio foi parar para o lado meu carro", afirmou.

"Eu tinha uma moto, comprei um carro depois de um acidente, fiquei com muito medo, e hoje, com o meu carro parado, ocorre esse acidente. Só quero agora que arrumem o meu carro", completou Prado.

A psicóloga do Detran Emilia Taque também foi vítima do acidente. O seu veículo Gol estava parado quando foi atingido pelo Tempra. "Foram lá me avisar que meu veículo foi atingido, cheguei aqui e vi que ele foi parar em cima da calçada. Um dos dois deveria estar em alta velocidade, porque, além do estrago ter sido grande nos dois carros, outros três carros que estavam parados também foram atingidos e danificados", afirmou Emilia Taques.

"Guardas municipais foram até o local, colocaram cones de sinalização e foram embora. Samu chegou logo depois e levou as vítimas. Após 1h30 do acidente nenhuma viatura chegou para tirar os dois veículos da rua e realizar o Boletim de Ocorrência, ninguém da Auto Escola veio para prestar assistência, e agora? Quem vai pagar o concerto do meu carro?", questionou Obdere de Prado.

Outro lado

Segundo o responsável pela Auto-Escola Express, Augusto Cezar Martins, a empresa irá aguardar pelo resultado da pericia, para que depois tome alguma providência.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO

Bebe Prime