16.07.2019 | 11h10


OLHO POR OLHO

Homem tentar matar vizinho com facão e é amarrado por populares


DA REDAÇÃO

Um homem identificado como J.X.M., 58 anos, acusado de tentar matar o vizinho com um facão, foi detido e amarrado por populares no Distrito de Aguaçu, em Cuiabá. O primeiro ataque foi com pedradas que atingiram a cabeça da vítima, que foi encontrada pelos militares com forte sangramento na cabeça e rosto. Levado à Policlínica do Verdão o homem não corre risco de morte. 

De acordo com o boletim de ocorrência, a vítima teria ido até a casa de uma vizinha pedir água para abastecer sua caixa d´água, o que teria sido autorizado. Minutos depois, o agressor apareceu no local e retirou um cano para que o fornecimento de água fosse interrompido.

Quando foi questionar o homem já recebeu uma pedrada na cabeça e, em seguida, o acusado teria partido para cima dele com um facão na mão, o acertando com vários golpes na região da cabeça e no rosto.

Ao perceber as agressões no quintal de casa, a testemunha saiu e conseguiu retirar a arma da mão do agressor e em seguida chamado outros vizinhos para ajudar a segurar o acusado, momento em que foi detido e amarrado a uma árvore do quintal até a chegada da Polícia Militar (PM), acionada pela dona da casa.

O agressor foi encaminhado algemado à Central de Flagrantes em Cuiabá, aonde chegou com algumas lesões corporais devido à briga com o vizinho e a força usada por populares no momento em que foi amarrado, já que tentava resistir. Ele ficou preso na unidade policial e vai responder por tentativa de homicídio doloso com uso de arma branca.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Enquete

ABUSO DE AUTORIDADE

Você concorda com aprovação da Lei para punir juízes?

Concordo: MP e Juízes erram muito e prejudicam pessoas de bem

Não concordo. A aprovação da lei é que é um abuso

Bolsonaro deveria vetar a lei

Bolsonaro deve sancionar a lei

  • Parcial

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER