13.06.2019 | 15h50


EXECUÇÃO NA NOITE

Homem tem casa invadida por pistoleiro e é baleado enquanto dormia

Helton ainda conseguiu correr para a rua e pedir socorro, mas não resistiu aos ferimentos e morreu pouco depois.


DA REDAÇÃO

Helton Muniz Barros, 24 anos, morreu baleado por um homem, não identificado, que invadiu sua casa na madrugada desta quinta-feira (13), no bairro Tessele Júnior, em Lucas do Rio Verde (334 km da Capital).

De acordo com a Polícia Militar (PM), a vítima dormia quando o assassino arrombou a porta de entrada da casa e disparou diversas vezes contra ele. Helton ainda conseguiu correr para a rua e pedir socorro, mas não resistiu aos ferimentos e morreu pouco depois.

Após denúncia, os policiais fizeram rondas pela região e encontraram um suspeito, que portava um revólver calibre 38, nas proximidades do crime. Ele negou a acusação e disse que estava pela região porque teria ouvido os disparos. Foi encaminhado como principal suspeito à Delegacia de Polícia Civil.

Três testemunhas, que estavam na casa na hora do crime, foram chamadas e não conseguiram reconhecer o suspeito, porque segundo relatado por eles, quando ouviram o barulho dos tiros correram para fora da casa assustados e não conseguiram ver quem atirou.

O corpo de Bombeiros esteve no locar onde recolheu o corpo da vítima e encaminhou ao Instituto Médico legal (IML) para exames de necropsia.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Enquete

ABUSO DE AUTORIDADE

Você concorda com a Lei ou acha que Bolsonaro deve vetar

Concordo: MP e Juízes erram muito e prejudicam pessoas de bem

A aprovação da lei é que é um abuso; veta Bolsonaro

Não sei acho que não muda nada

  • Parcial

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER