13.10.2019 | 10h10


RELAÇÕES PERIGOSAS

Homem quebra celular na cabeça da ex e diz ser do Comando Vermelho

Yori Miranda Soma Campos, 19 anos, foi preso pela Polícia Militar (PM) durante a noite de sábado (12) próximo à praça dos carreiros, em Rondonópolis.


DA REDAÇÃO

Yori Miranda Soma Campos, 19 anos, foi preso pela Polícia Militar (PM) durante a noite de sábado (12) acusado de espancar a ex-mulher, nome não divulgado, quando a vítima estava na casa da mãe do agressor com a filha do casal de apenas 10 meses no bairro Jardim Paulista, em Rondonópolis (212 km da Capital).

A vítima foi levada a uma unidade de saúde para receber atendimento médico, onde deu entrada com escoriações pelo corpo e um corte no supercílio. Após receber alta médica foi encaminhada à delegacia para registrar a denúncia.

De acordo com o relato da mulher, o ex-marido não aceita o fim do relacionamento e a perseguiu durante toda à tarde, inclusive no trabalho, quando fazia ameaças para que a vítima reatasse o casamento.

Ao deixar o trabalho, a mulher teria ido à residência de sua ex-sogra, onde acabou encontrando com o agressor.  Ao ver a ex, ele teria começado a xingar, gritar palavras de ofensas e fazer mais ameaças. Em determinado momento partiu para cima da vítima, quando tomou o celular à força e quebrou o aparelho quando o bateu contra a cabeça dela.

Muito exaltado, ele ainda teria dado vários tapas no rosto da ex, puxões de cabelo e mordidas nas mãos. A sessão de espancamento só parou quando testemunhas conseguiram segurar o rapaz, que em seguida fugiu do local.

A vítima contou aos policiais que o ex-marido tem a perseguido, ameaçado e ainda que ainda diz ser integrante da facção criminosa Comando Vermelho.

Os militares saíram em ronda atrás do acusado que foi encontrado próximo à praça dos carreiros, na Avenida Rio Branco esquina com a Avenida Dom Wunibaldo.

Yori foi encaminhado à Delegacia Civil, com alguns arranhões pelo pescoço e braços causados no momento da briga, onde vai responder pelo crime de lesão corporal.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO