16.12.2010 | 23h28


POLÍCIA

Homem que fez disparos na Praça Popular é fazendeiro e está detido

MAYARA MICHELS
MIDIANEWS

O pecuarista José Carlos Souza Júnior, 26, conhecido como "Júnior Geléia", foi preso em flagrante por tentativa de homicídio e porte ilegal de arma de fogo. Ele é acusado de provocar confusão e pânico na Praça Popular, na madrugada desta sexta-feira (17).

Segundo informações da Polícia Militar, Júnior chamou a atenção ao fazer vários disparos com uma pistola, colocando em risco a vida das pessoas que se encontravam no local, bem como de moradores das imediações. O oficial da Polícia Militar, Welligton Rodrigues Mendonça, 29, que estava à paisana, reagiu, tentou prender o fazendeiro e acabou sendo alvo de tentativa de homicídio.

Conforme o delegado do Cisc Planalto, Celso Renda, o oficial da PM, ao ver José Júnior efetuando os tiros, deu voz de prisão e apontou a arma para ele. "Com isso, o pecuarista reagiu e atirou contra o policial, que, felizmente, não foi atingido. Com a tentativa de assassinato, o policial atirou no braço do fazendeiro, que conseguiu fugir do local", contou o delegado.

Júnior deu entrada no Hospital Jardim Cuiabá, dizendo que havia sido baleado em um assalto no trânsito. A Polícia foi acionada e o prendeu. Ele continua internado no hospital e deverá ser submetido a uma cirurgia para a retirada da bala.
A arma utilizada no crime e a caminhonete Toyota Hillux, de cor preta, com a qual ele fugiu da praça não foram encontradas.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO