08.02.2019 | 17h27


"EU VOLTO PRA TE MATAR"

Homem põe fogo na casa da ex e faz ameaça: Veja as fotos

Episódio aconteceu nesta sexta-feira (8) em Tangará da Serra. Polícia Civil investiga o caso


DA REDAÇÃO

Um homem é acusado de incendiar a casa da ex-mulher na manhã desta sexta-feira (8) no Bairro Jardim Dona Júlia, em Tangará da Serra (a 242 km de Cuiabá). Ele ainda teria deixado um bilhete na porta de entrada da casa com os seguintes dizeres: “Depois eu volto para te matar, Sandra”. A mulher não estava no local no momento do incêndio. 

O caso foi confirmado pela Polícia Civil, que está à procura do homem. As investigações iniciais apontam que ele não aceitou o fim do relacionamento e tenta se vingar da ex. 

Os bombeiros tiveram que arrombar a porta para entrar na casa. No local eles constaram vários papéis espalhados pelos cômodos e um colchão que estava pegando fogo na cozinha, próximo ao fogão. 

Também havia um forte cheiro de gás e uma das janelas da casa estava arrombada. Os bombeiros realizaram o combate, extinguiram o incêndio e desligaram o botijão de gás para evitar uma explosão.

RepórterMT/Diário da Serra

bilhete
 

 

Eles também entregaram o cartaz de ameaça à Polícia Civil de Tangará da Serra. De acordo com o soldado Barreto, do Corpo de Bombeiros, aparentemente o incêndio foi criminoso, pelo o que já foi apurado pelos militares. 

Até a publicação desta reportagem, o suspeito pelo incêndio ainda não havia sido localizado.

Leia mais

Homem mata namorada a pauladas e é preso pela polícia 

 

 

Galeria de Fotos:
Crédito:
Crédito:
Crédito:
Crédito:










COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Matéria(s) relacionada(s):

Enquete

ABUSO DE AUTORIDADE

Você concorda com aprovação da Lei para punir juízes?

Concordo: MP e Juízes erram muito e prejudicam pessoas de bem

Não concordo. A aprovação da lei é que é um abuso

Bolsonaro deveria vetar a lei

Bolsonaro deve sancionar a lei

  • Parcial

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER