19.07.2019 | 18h20


FORA DE CONTROLE

Homem espanca mulher e joga pedaço de concreto em PMs para não ser preso

O suspeito J.B.R., 42 anos, tentou resistir à prisão, mas acabou sendo detido em flagrante pelos policiais, na quinta-feira (18).



Policiais Militares flagraram um homem agredindo a ex-mulher com socos e pontapés em Pontal do Araguaia (410 km de Cuiabá). O acusado identificado apenas pelas iniciais J.B.R., 42 anos, tentou resistir à prisão, mas acabou sendo detido em flagrante pelos policiais, na quinta-feira (18).

Uma equipe da PM estava em deslocamento nas proximidades do bairro João Rocha quando encontrou uma criança de 12 anos gritando em via pública por socorro. Bastante assustada, contou que o pai estava espancando sua madrasta em casa.

Os militares foram até o local e flagraram J.B.R. batendo na mulher de 36 anos. Para tentar fugir pelos fundos da residência, o homem chegou a arremessar um bloco de concreto e uma bicicleta nos policiais, mas acabou sendo preso em flagrante. Um facão utilizado para ameaçar a vítima também foi apreendido na ação.

A mulher contou que não é a primeira vez que sofre agressões do ex-marido. Ela, que tem problemas de saúde, relatou que antes dos policiais chegarem, o marido a agrediu com diversos chutes em seu peito e na costela. Vizinhos contaram à polícia que o homem é acostumado a agredir até a própria mãe e que sempre foge pelos fundos da residência que mora. Ele foi conduzido à delegacia de flagrantes.

Os policiais militares que atenderam a ocorrência fazem parte da “Patrulha Rede de Frente Mulher Protegida”, ação desenvolvida entre várias instituições que conta com a parceria da PM no combate à violência contra a mulher.  Os policiais são responsáveis por patrulhar locais onde residem vítimas e agressores.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Enquete

ABUSO DE AUTORIDADE

Você concorda com aprovação da Lei para punir juízes?

Concordo: MP e Juízes erram muito e prejudicam pessoas de bem

Não concordo. A aprovação da lei é que é um abuso

Bolsonaro deveria vetar a lei

Bolsonaro deve sancionar a lei

  • Parcial

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER