07.12.2019 | 14h15


TARADO NO MALCOM

Homem esfrega pênis em mulheres dentro de boate e ameaça gerente de morte

Ao ser abordado, acusado ainda empurrou os seguranças, mas acabou preso pela Polícia Militar.


DA REDAÇÃO

Um homem de 36 anos, identificado apenas pela J.S.S., 36 anos, foi preso na madrugada deste sábado (07) acusado de colocar o pênis para fora das calças e assediar mulheres na casa noturna Malcom Pub, na Avenida Miguel Sutil, em Cuiabá.

Segundo a Polícia Militar, uma equipe foi acionada para atender uma ocorrência de desentendimento na casa noturna.

Aos policiais, os seguranças contaram que três mulheres denunciaram que homem esfregou o pênis em várias pessoas durante a festa.

No momento da abordagem, J.S.S. estava bastante exaltado, empurrou os seguranças e ameaçou o gerente de morte.

O homem foi detido pela Polícia Militar e encaminhado para a Central de Flagrantes.

Em nota, o Malcom Pub lamentou o ocorrido e disse que atitudes como essas não são tolerados dentro do estabelecimento tanto que a casa de festas “apresenta uma política interna de prevenção e orientação sobre atos de violação dos direitos humanos e suas transversalidades. Isto, ao instituir e incentivar que casos de importunação sexual sejam prontamente relatados aos seguranças, que atuam na prevenção e nos atendimentos aos envolvidos”. 

“A administração do Grupo Malcom lamenta profundamente o ocorrido, bem como reforça seu compromisso cidadão para com as autoridades, colocando-se à disposição para quaisquer esclarecimentos”, concluiu.

Veja a íntegra da nota:

NOTA DE ESCLARECIMENTO 

A administração do Grupo Malcom (Malcom Pub e Club) vem a público esclarecer que:

- Repudia toda e qualquer ação de importunação sexual, crime tipificado na Lei Federal nº 13.718/18. Reitera ainda que atos e atitudes desse teor não são tolerados dentro do estabelecimento, que preza pelo respeito às pessoas e se mantém vigilante;  

- Tanto que o Grupo Malcom apresenta uma política interna de prevenção e orientação sobre atos de violação dos direitos humanos e suas transversalidade. Isto, ao instituir e incentivar que casos de importunação sexual sejam prontamente relatados aos seguranças, que atuam na prevenção e no atendimentos aos envolvidos;

- Foi o que ocorreu nesta sexta-feira (6.12), quando os seguranças da casa e, posteriormente a administração, foram acionados para que medidas cabíveis fossem tomadas para garantir a integridade das pessoas envolvidas. A Polícia Militar também foi acionada e o caso encaminhado para as autoridades; 

- A administração do Grupo Malcom lamenta profundamente o ocorrido, bem como reforça seu compromisso cidadão para com as autoridades, colocando-se à disposição para quaisquer esclarecimentos.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Matéria(s) relacionada(s):

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO