05.11.2019 | 09h15


FORA DE CONTROLE

Homem esfaqueia irmão e tenta colocar fogo em casa para matar mãe queimada

O acusado foi preso por tentativa de homicídio, ameaça, dano patrimonial, incêndio, desobediência e resistência à prisão.


DA REDAÇÃO

Vagner José Braguin Menotti, de 34 anos, foi preso em flagrante na madrugada desta terça-feira (05), por tentativa de homicídio, ameaça, dano patrimonial, incêndio, desobediência e resistência, no bairro Jardim Planalto, em Rondonópolis (212 km da Capital).

O criminoso ateou fogo em um cômodo da casa da própria mãe, identificada como M.A., e ainda tentou matar ela e o irmão a facadas. Vagner ainda fugiu, mas foi caçado por policiais que efetuaram a sua prisão. O caso ocorreu por volta das 04h30.

De acordo com o boletim de ocorrência, a Polícia Militar (PM) foi acionada para dar apoio a uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Ao chegar ao local, os policiais encontraram Vagner deitado com uma garrafa de bebida na calçada de casa. Ele se irritou com a presença dos militares, jogou a garrafa no chão e se trancou dentro da residência.

Em seguida, ele entrou numa garagem, anexa a casa, e ateou fogo em mesas e cadeiras de plásticos, em uma moto Honda Biz, além de rasgar o pneu do veículo com uma faca. A Biz pertence à mãe do agressor.

Segundo o boletim de ocorrência, o irmão de Vagner dormia em um dos cômodos e acordou desesperado ao ver o incêndio. Com uma chave de fenda ele abriu o portão do anexo onde estavam as chamas, momento em que o acusado partiu para cima dele e da mãe com uma faca.

Os policiais arrobaram o portão da casa e deram ordem para que Vagner parasse, mas ele não obedeceu. Em seguida, deu uma facada na perna direita do irmão, o que causou um corte profundo.

A vítima foi atendida imediatamente pelo Samu, que ainda estava no local.

Os militares tiveram que dar dois tiros com arma de choque no agressor, o que não surtiu nenhum efeito. Vagner saiu correndo e escalou um coqueiro que deu acesso ao telhado e conseguiu pular para o outro lado da rua.

Durante a confusão, o criminoso cortou a mão esquerda. A equipe da polícia começou a perseguir o agressor e conseguiu encontrá-lo, pelos rastros de sangue, em um bar, que fica em frente à Câmara Municipal.

O Samu foi chamado para realizar os primeiros socorros e o encaminhou para uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA). 

Depois de receber atendimento médico, Vagner foi levado para a 1º Delegacia de Polícia.

Em segunda varredura, os militares encontraram a faca que o bandido usou para tentar matar os familiares.

De acordo com a ocorrência, ele estava lúcido no momento da prisão.

Na delegacia, o criminoso repetia que iria concluir os homicídios em uma próxima vez.

Reincidência

As vítimas relataram que essa é a segunda vez que Vagner tem esse tipo de atitude criminosa, como modo de operação parecido. Ele tenta forjar um crime ou um acidente. Na primeira vez, segundo a mãe, o homem realizou um falso assalto no comércio da mãe.

Um dos comparsas disparou e acertou um cliente, mas o alvo do tiro era M.A.

Não foi revelado o motivo de Vagner querer matar os seus familiares, em especial sua mãe.

A Polícia Civil irá indiciar o criminoso e investigar o caso. 











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO