09.12.2019 | 17h41


POLÍCIA / CUIABÁ

Homem é preso por dar calote em prostituta, motel e motorista de aplicativo

Confusão começou no momento em que o motel informou que a conta ficou em R$ 516, o serviço da garota de programa custou R$ 600. O acusado ainda gastou R$ 832 com carro de aplicativo.


DA REDAÇÃO

Um homem, identificado pelas iniciais F.F.S.J., de 33 anos, foi preso em flagrante, após utilizar serviços de garota de programa, motorista de aplicativo e motel e não ter dinheiro para pagar, na manhã de domingo (08), no bairro Santa Marta, na Avenida Miguel Sutil, na Capital.

O caso ocorreu no motel Paradise.

Segundo ocorrência, o valor das despesas do caloteiro chegou a cerca de R$ 2 mil. Ele chegou a uma boate no sábado (07), passou à noite bebendo com uma acompanhante, em seguida, chamou um carro e a levou para o motel.

Uma confusão generalizada se iniciou no motel, no momento em que os funcionários informaram ao homem que a conta teria ficado R$ 516, e a prostituta que o programa ficou R$ 600.

Além disso, o motorista de aplicativo foi acionado novamente para buscas o “casal”, já como não havia dinheiro o condutor passou horas rodando a cidade em busca de um caixa eletrônico para o caloteiro sacar dinheiro, sem sucesso, totalizando o valor de R$ 832,51. Com isso, o cliente devia R$1.948,51.

Ele informou aos fornecedores que não tinha o dinheiro, sendo acionada a polícia.

A PM constatou que F. estava sem celular, carteira com cartões ou documentos.

Ele foi encaminhado para a Central de Flagrantes da Capital.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO