26.05.2020 | 11h20


POLÍCIA / DOENTIO

Homem é acusado de usar drone para espionar a ex dentro de casa

A mulher denunciou o ex-marido à PM durante uma briga na porta da casa dela por causa da guarda da filha, no bairro Vila Goulart, em Rondonópolis.


DA REDAÇÃO

Um homem de 43 anos, nome não revelado, foi acusado de ‘espionar’ a ex com um drone durante uma briga do ex-casal na manhã do último domingo (24) na porta da casa da mulher, no bairro Vila Goulart, onde o acusado teria ido buscar a filha, em Rondonópolis (212 km da Capital).

De acordo com a ocorrência, o acusado teria chegado à casa da vítima e tentado levar a filha, de forma agressiva, para passar o domingo com ele.

A mulher, 44 anos, não teria autorizado que a menor saísse com o pai, momento em que teria começado a briga e a vítima acionado a Polícia Militar (PM).

No endereço, em conversa com a mulher, esta relatou que sofre ameaças do ex constantemente e que inclusive possui medida restritiva em desfavor do acusado.

A mulher relatou que já flagrou um drone sobrevoando sua casa, que seria mandado pelo homem para espionar o local. Ainda segundo a vítima, o acusado, em outra vez, tentou invadir o imóvel, porém, foi impedido pela filha mais velha dela, o qual o ex chegou a entrar em vias de fato com a jovem.

Segundo a versão do acusado, ele apenas foi ao endereço buscar a filha que tem com a ex, sob orientação de seu advogado, que teria autorizado o cliente a buscar a menina, conforme acordo entre as partes.

Sobre a medida restritiva que a vítima tem contra ele,  o acusado disse que a ordem já havia sido revogada.

Diante dos fatos, as partes foram encaminhadas à Delegacia de Polícia Civil, onde foram ouvidas pelo delegado para maiores esclarecimentos do caso e das denúncias relatadas pela mulher.











(2) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Maria Auxiliadora Cândida Souza  27.05.20 08h45
"Foi buscar...advogado autorizou"? Nhonhô, advogado requer e o juiz autoriza depois de ouvir as partes. Infelizmente quem vai carregar o fardo emocional pelos conflitos dos pais é a criança. Homem/mulher esquecem do bem estar dos filhos nesses momentos, por orgulho e por falta de amor e cuidado com os pequenos.

Responder

1
0
john Doe  26.05.20 13h23
Ele tava doido pra ver ela com outro... Será que é voyeur? rsrsr

Responder

2
0
Matéria(s) relacionada(s):

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO