14.03.2020 | 18h45


POLÍCIA / ASSESSOR DE VEREADOR

Homem agride esposa e a mantém em cárcere privado com os filhos

Polícia Militar foi acionada e quando crianças viram a vitura, começaram a gritar


DA REDAÇÃO

Um homem de 37 anos foi preso, na madrugada deste sábado (14), após agredir sua esposa e manter ela e seus filhos em cárcere privado. O crime ocorreu no bairro Jardim Leblon, em Cuiabá.a

Segundo a Polícia Militar, uma equipe foi acionada para atender a ocorrência e, ao chegar no local, encontrou o acusado em frente ao portão. Conforme os militares, os filhos do casal, ao verem a viatura, começaram a gritar.

A mulher disse aos polícias que havia sido agredida pelo seu marido e depois trancada, junto com os filhos, na casa.

O agressor confessou as agressões e disse que era assessor de um vereador da Câmara de Cuiabá. Os policias determinaram que o acusado abrisse a porta da casa, o que foi feito.

A mulher relatou que teve uma discussão com seu marido depois que ele impediu que ela saísse de casa. Em seguida, ele deu um tapa no rosto dela e machucou o dedo mindinho da mão direita. Depois, ele trancou ela e seus filhos na casa e ficou no portão.

A vítima e o acusado foram encaminhados para Central de Flagrantes para providências cabíveis.











(1) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Ricardo  15.03.20 06h49
Pelo tipo.machão deve ser assesora do vereador brigão que se esconde atrás de religião macrean né ou seria do.juca areia do guarana branco hem porque não tem o nome ou assessor de vereador é alguma coisa algum tipo de autoridade kkkk só. Mesmo aqui em Cuiabá pra vereadores acharem que são autoridades

Responder

8
0
Matéria(s) relacionada(s):

TV REPÓRTER

Enquete

REMÉDIO POLÊMICO

Você tomaria hidroxicloroquina caso contraísse Covid-19?

Sim. O remédio está no mercado há 70 anos

Não. O remédio não tem comprovação de pesquisa para Covid

Não. Cloroquina é o remédio do Bolsonaro

  • Parcial

INFORME PUBLICITÁRIO