06.12.2019 | 13h10


POLÍCIA / LAÇOS DE FAMÍLIA

Homem acerta tiro de espingarda no filho após tentar matar ex-cunhado

Adolescente está internado em estado grave no Hospital de Cárceres. Acusado foi preso.


DA REDAÇÃO

Um homem de 40 anos, identificado como C.B., foi preso após tentar matar o ex-cunhado a tiros, errar a mira e acertar a perna do próprio filho de 15 anos durante briga familiar na Rua dos Estados no bairro Jardim Santa Maria, em São José dos IV Marcos (309 km da Capital), na tarde dessa quinta-feira (05).

O adolescente foi socorrido pelos pais e levado para o Hospital municipal, onde recebeu os primeiros atendimentos, mas devido à gravidade do ferimento precisou ser encaminhado ao Hospital Regional de Cáceres. Não há informações do atual estado de saúde do paciente.

De acordo com o ex-cunhado, identificado como W.P.L., 39 anos, C.B. foi até sua casa, onde mora com sua irmã e sobrinhos, além de sua mãe, e durante uma conversa se desentenderam. Em seguida, o agressor foi até o carro Volkswagen Gol, que estava estacionado na porta da residência da vítima, buscou uma espingarda calibre .36 e o ameaçou de morte.

O acusado chegou a atirar contra a vítima, mas errou o disparo e acertou na perna do filho de 15 anos.

Ainda muito nervoso, C.B., mesmo com o filho ferido e caído no chão, ainda continuou a tentar matar o ex-cunhado. Sem conseguir recarregar a espingarda para efetuar outro disparo, o agressor entrou em luta corporal, usando a espingarda para agredir fisicamente a vítima.

W.P.L. conseguiu imobilizar o ex-cunhado, segurando pelo pescoço, quando familiares conseguiram acabar com a briga.

Nesse momento C.B. e a ex-mulher foram socorrer o filho que estava com o ferimento de bala e o levaram para o hospital.

Ao ser acionada, a Polícia Militar (PM) – que seguia para o hospital – encontrou o acusado conduzindo o Gol em alta velocidade.

Os militares deram ordem de parada, mas C.B. desobedeceu e continuou com o veículo em alta velocidade pelas ruas.

Para terminar a perseguição e parar o acusado, os militares se certificaram de que na região onde estavam não havia pedestres e outros veículos, momento em que atiraram contra uma roda traseira do Gol, e conseguir parar o criminoso.

Durante a abordagem, C.B. ainda tentou resistir à prisão, sendo necessário o uso de força física para imobilizar e algemá-lo. Questionado sobre a arma do crime, ele respondeu que estava no banco traseiro do Volkswagen.

A arma de fogo foi apreendida com uma munição disparada e a coronha quebrada.

O acusado disse que precisava voltar até a casa do ex-cunhado para buscar os documentos do filho, que seria encaminhado para a unidade de saúde em Cáceres.
Os militares foram até ao Hospital municipal e receberam a informação de que o adolescente já havia sido encaminhado para Cáceres com a mãe.

O boletim de ocorrência foi registrado na unidade policial militar, onde familiares de C.B. compareceram com um advogado para acompanhar a qualificação do acusado e a apresentação do mesmo à Delegacia de Polícia Civil do município, onde ficou aguardando as providências legais.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO