18.09.2010 | 21h04


POLÍCIA

Helicóptero avaliado em R$ 500 mil some do aeroporto de Aragarças



O sumiço de um helicóptero prefixo PT-YPG, marca Robson 44, ano 98, cor preta, do aeroporto de Aragarças-GO, na divisa com Barra do Garças, virou caso de polícia. O proprietário da aeronave, José Tadeu dos Santos, que é de São Bernardo dos Campos-SP, registrou ocorrência de furto na delegacia goiana. O helicóptero ficou famoso na cidade porque participou da Expoleste realizando shows panorâmicos com os freqüentadores do parque.

Segundo a versão de José Tadeu, três homens chegaram no aeroporto dizendo que iriam levar o helicóptero e um deles se identificou como ex-dono da aeronave. Os funcionários de José Tadeu quando viram a confusão tentaram avisa-lo, mas nesse intervalo, os três homens conseguiram decolar do aeroporto goiano.

O helicóptero avaliado em R$ 500 mil foi um dos destaques da Expoleste e estava na cidade para realizar mais alguns vôos com fazendeiros antes de retornar para São Paulo. José Tadeu informou à polícia que não deve o ex-proprietário e não entende porque ele fez isso. O dono do helicóptero registrou ocorrência para pedir providência a Agencia Nacional de Aviação Civil (Anac) para rastrear o paradeiro da aeronave.

Os funcionários do aeroporto deram outra versão dizendo que o ex-dono realmente chegou e falou com piloto do atual proprietário e depois saiu no helicóptero dizendo que ainda era dele. Segundo os funcionários, eles não tinham como impedi-lo de decolar. José Tadeu disse que vai acionar na Justiça o ex-dono pelo ocorrido. Não há informações se helicóptero é assegurado.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO