22.08.2019 | 13h55


AGRESSOR DORMIU

Grávida espancada pelo marido faz sexo para fugir de cárcere privado

A vítima foi resgatada por policiais do 9º Batalhão da Polícia Militar, ao fugir desesperada pela rua pedindo por socorro.


DA REDAÇÃO

Grávida de 7 meses, S.V.A.P., 23 anos,  precisou fazer sexo com o seu marido para que ele adormecesse e ela conseguisse fugir da sessão de espancamento e cárcere privado. O fato aconteceu na madrugada desta quinta-feira (22), no bairro Tijucal, em Cuiabá.

De acordo com o boletim de ocorrência, a vítima pediu socorro para uma equipe do 9º Batalhão de Polícia Militar (BPM) às 3h40, na Avenida Espigão. Desesperada, ela afirmou que estava fugindo da casa de seu marido, onde havia sido espancada e era mantida em cárcere privado. O agressor foi identificado como W.P.C., 27 anos.

A mulher afirmou que o espancamento começou sem motivo aparente, após o homem chegar em casa agressivo. A mulher foi agredida com chutes e socos, além de ser xingada.

A jovem ainda teria pedido a chave da casa para sair, mas era mantida presa no local pelo agressor. Ele afirmava mataria a mulher caso ela contasse sobre as agressões para alguém, ou chamasse a polícia.

De acordo com a PM, a mulher permitiu que o agressor fizesse sexo com ela, com intenção de acalmá-lo. A vítima escapou do cárcere após o homem adormecer.

Na rua, ela pediu resgate aos policiais, que prenderam o espancador em flagrante.

W.P.C., foi algemado e encaminhado para a Central de Flagrantes, onde foi autuado pelos crimes de estupro, lesão corporal, cárcere privado e ameaça.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER