18.03.2020 | 11h00


POLÍCIA / CRUELDADE SEM FIM

Grávida envenena sobrinho de 2 anos com soda cáustica

A mulher confessou o crime, porém, explicou que era para o sobrinho mais velho e não para a criança de 2 anos.


DA REDAÇÃO

Uma grávida, com 8 meses de gestação, foi presa durante a tarde da última segunda-feira (16) acusada de envenenar o sobrinho de apenas 2 anos com soda cáustica dentro de casa, no município de Santa Terezinha (1.312 km da Capital).

O menino foi socorrido e encaminhado ao Hospital Municipal gravemente ferido, onde a Polícia Militar (PM) foi acionada e comunicada sobre a tentativa de homicídio pelos profissionais de saúde que atenderam a criança.

Devido à gravidade do estado de saúde, a criança foi encaminhada ao Hospital Municipal de Confresa (160 km de Santa Terezinha). Não há informações sobre o atual estado de saúde do menino.

Após tomar conhecimento dos fatos, os militares seguiram para o endereço da acusada, onde a encontraram e a levaram para a Delegacia de Polícia Civil.

Na unidade policial, a gestante confessou ter dado o ‘copo de soda cáustica’ para a criança ingerir, porém, explicou que não era para o sobrinho de 2 anos, e sim para o outro, um pouco mais velho.

Questionada sobre o motivo, a grávida respondeu que é constantemente desrespeitada pelo sobrinho mais velho, agredida, inclusive, com chineladas na barriga. 

Diante dos fatos e confissão da mulher, ela cumpre prisão domiciliar, devido ao estado de gravidez,enquanto o caso é investigado pela Polícia Civil.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Matéria(s) relacionada(s):

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO